Polícia “mata” quadrilha e recupera 50 animais roubados

Polícia “mata” quadrilha e recupera 50 animais roubados

PARTILHAR
Fonte: Comando 190

Polícia recupera mais de 50 cabeças de gado furtadas e prende quadrilha especializada no crime; Onda de crimes está crescendo e preocupa produtores!

A Polícia Civil recuperou mais de 50 cabeças de gado furtadas e prendeu uma quadrilha especializada no crime de abigeato na manhã desta quinta-feira (5), em Nova Alvorada do Sul, a 115 km de Campo Grande.

Segundo o delegado Rômulo Marcelo, responsável pelas investigações, a ação teve o apoio do setor de abigeato do Garras, onde foram recuperados bovinos de duas propriedades rurais do município.

Segundo o delegado, o gerente da fazenda se aproveitava da ausência do proprietário para organizar o recebimento dos animais e o embarque para a venda a compradores de outros estados.

Conforme a investigação, a quadrilha de 4 membros, tinha a função de realizar o furto e depois e providenciar a venda dos animais sem a devida documentação.

Ainda de acordo com Rômulo, o gado era furtado em fazendas próximas a BR-163 e estava escondido em uma propriedade rural no município de Campo Grande, distante mais de 150 km do local do crime.

No local, a polícia também encontrou duas armas de fogo. Os quatro suspeitos foram indiciados por organização criminosa e furto de animal, podendo pegar uma pena superior a 10 anos de prisão.

Três jovens e um adolescente são presos pelo furto e abate de gado

Na noite sábado (31) os policiais militares do Patrulhamento Tático Móvel (PATAMO) do 3º BPM realizaram a condução de quatro suspeitos de cometerem o crime de abigeato (furto de gado), na região rural de Vilhena.

Após serem acionados via Central de Operações, os militares se deslocaram até uma propriedade rural na região conhecida como Cascalheira, na qual o solicitante informou que alguém havia furtado bovinos da propriedade dele.

Na estrada que dava acesso ao local, os policiais localizaram uma dupla de moto e depois outra dupla em um carro. Os militares procederam a abordagem e revista pessoal aos quatro suspeitos, M. H. G. P., de 21 anos, P. P. G. C., de 25 anos, R. D. S., de 33 anos e D. S. M. de 17 anos. Ambos apresentavam em suas vestimentas vestígios de abate animal (sangue e gordura) e um deles, o menor infrator, portava uma porção aparentemente de maconha (entorpecente), de 6 gramas.

Durante a abordagem, as testemunhas que seguiam os suspeitos chegaram ao local e confirmaram que os abordados eram os mesmos que estavam na propriedade e teriam furtado os animais. Além disso,  relataram que outros animais já haviam sido furtados anteriormente com os mesmos modos de operação. A guarnição foi até a propriedade e localizou dois animais abatidos e esquartejados, bem como os apetrechos utilizados.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com