Preços da soja disparando e fecha semana a R$ 130, veja!

Preços da soja disparando e fecha semana a R$ 130, veja!

PARTILHAR
soja no tocantins
Foto: Divulgação

De acordo com a consultoria Safras, a escassez do grão no Brasil motiva as altas, mas também limita as negociações. Confira as cotações nas principais praças.

Os preços da soja oscilaram entre estáveis e mais altos nesta sexta, 14, permanecendo em patamares firmes, de acordo com a consultoria Safras. “Poucos negócios foram realizados devido à ausência de produto”, informa.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos permaneceu em R$ 130. Na região das Missões, a cotação seguiu em R$ 129,50. No porto de Rio Grande, o preço estabilizou em R$ 130.

Em Cascavel (PR), o preço ficou em R$ 125 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca passou de R$ 128 para R$ 130.

Em Rondonópolis (MT), a saca aumentou de R$ 122 para R$ 123. Em Dourados (MS), a cotação subiu de R$ 125 para R$ 126. Em Rio Verde (GO), a saca estabilizou em R$ 121.

Contratos futuros

A soja fechou esta sexta-feira com preços mais baixos, perto da estabilidade, na Bolsa de Chicago. De acordo com a consultoria Safras, o dia foi de realização de lucros, após acumular ganhos superiores a 3% na semana.

“As perdas foram limitadas pelos renovados sinais de demanda pela soja americana e pela previsão de clima seco para a parte final de agosto no Meio-Oeste dos Estados”, diz a Safras.

Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) anunciou nesta sexta-feira, 14, a venda de mais 126 mil toneladas por parte dos exportadores privados para a China. Já são sete dias seguidos de anúncio de vendas, somando 1,9 milhão de toneladas no período.

Os contratos da soja em grão com entrega em setembro fecharam com alta de 0,75 centavos ou 0,08% em relação ao fechamento anterior, a US$ 8,97 por bushel. A posição novembro teve cotação de US$ 8,98 por bushel, com perda de 0,75 centavo ou 0,08%.

Nos subprodutos, a posição dezembro do farelo fechou com baixa de US$ 0,20 ou 0,06% a US$ 298,50 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em dezembro fecharam a 31,09 centavos de dólar, baixa de 0,10 centavo ou 0,32%.

Fonte: Agência Safras

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com