Preços do milho seguem com viés de alta

Preços do milho seguem com viés de alta

PARTILHAR
agronegocio-milho-parana-
Foto: Divulgação

A atenção dos participantes do mercado agora se volta para a colheita da 1ª safra e semeadura da 2ª safra de milho, segundo informou a Agrifatto. Veja!

Poucas negociações no mercado de milho brasileiro, as referências para negócios em São Paulo continuaram nos R$ 75,00/sc, no entanto, os produtores se afastam do mercado, e, solicitam valores maiores ao da referência para fechar negócios. A atenção dos participantes do mercado agora se volta para a colheita da 1ª safra e semeadura da 2ª safra de milho.

Nos EUA, a cotação do cereal com vencimento para março/21 em Chicago manteve-se firme acima dos US$ 4,30/bu pelo quarto dia consecutivo. Parte desta firmeza do mercado de milho norte-americano se deve à falta de “vontade” dos agricultores dos EUA em negociar suas produções, impulsionando as cotações do milho em Chicago.

Boi Gordo

Dia de movimentação baixíssima no mercado spot de boi gordo. Os preparativos para as festividades de final de ano têm reduzido fortemente as atividades dos participantes do mercado, como sazonalmente acontece neste período. As programações de abate atendem, aproximadamente, os próximos 7 dias úteis na região paulista, e, sem grandes novidades, os preços demonstram pequenas oscilações, tanto para baixa quanto para cima.

As compras de última hora para o Natal devem aumentar o fluxo de saída das proteínas animais no varejo, o que deve balançar positivamente os preços das carnes. Para a carne bovina, o esperado é que algumas entregas sejam antecipadas aos varejistas a fim de preencher seus estoques.

Soja

Com um volume ínfimo disponível no mercado, o preço nominal da soja recuou na terça-feira, estabelecendo-se próximo dos R$ 152,00/sc. Apesar da desvalorização, praticamente não há negócios sendo realizados nos últimos dias, e, com isso as cotações mantêm-se sem grandes variações.

Com os US$ 13 bilhões disponibilizados pelo governo norte-americano dando estímulo para a soja dos EUA, o preço da oleaginosa seguiu firme nesta terça-feira. A expectativa de uma demanda chinesa crescente dá ânimos para a evolução dos preços da soja norte-americana.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.