Prejuízo de R$ 20 mi: 250 t de milho ficam a céu aberto; Imagens!

PARTILHAR

Silo com várias toneladas de grãos estoura e assusta funcionários de fazenda onde o acidente ocorreu. São mais de 250 toneladas de milho a céu aberto!

Um silo que armazenava 250 toneladas de grãos de milho estourou e assustou funcionários de uma fazenda neste sábado (17) na zona rural de Marcelândia (MT). Os grãos se espalharam pela propriedade atingido veículos e maquinários. Nenhuma pessoa se feriu.

Quem estava nas proximidades conseguiu fugir e não houve feridos. Chegaram a circular boatos de que uma mulher foi soterrada pelos grãos mas nada se confirmou. Havia alguns veículos de carga no local, e ficaram com a parte da cabine coberta praticamente até a altura da porta. Outros ficaram com rodas quase cobertas.

A estrutura metálica do silo também ficou espalhada no local. O prejuízo estimado é de R$ 20 milhões. Contudo a maior parte das perdas ficará mesmo por conta da estrutura metálica, pois parte do milho que ficou espalhada será recuperada.

A situação ocorreu pela manhã. As pessoas que estavam próximas conseguiram escapar sem nenhum ferimento. Segundo informações, foram apenas prejuízos financeiros.

De acordo com o proprietário da fazenda, esse prejuízo ainda será calculado, antes o local precisa passar por vistoria.

O local passará por perícia para apontar a causa do desabamento. Preliminarmente, uma das suspeitas iniciais é de que os responsáveis por armazenar o milho encheram demais o silo.

O indicador do milho do Cepea, calculado com base nos preços praticados em Campinas (SP), encerrou uma sequência de 15 dias seguidos de alta e apresentou desvalorização. A cotação variou -0,68% em relação ao dia anterior e passou de R$ 98,01 para R$ 97,34 por saca. Ainda assim, no acumulado do ano, o indicador teve uma alta de 23,76%. Em 12 meses, os preços alcançaram 98,61% de valorização.

Outro acidente

Um secador de grãos, localizado em uma fazenda no município de Nova Maringá (389 quilômetros ao Médio Norte de Cuiabá) desabou e ficou completamente destruído.

“Há alguns dias teve um incêndio na estrutura. Fizemos os reparos, mas não suportou e acabou estourando e desabando. Já era um secador antigo e ainda não temos uma estimativa do valor do prejuízo. Será necessário a construção de um novo. Esse que desabou não tem mais possibilidade de reparo”.

Matelli detalhou ainda que no momento que a torre metálica desabou não havia funcionários. “Ninguém ficou ferido e alguns maquinários que estavam próximos também não foram atingidos”.

Mercado Futuro

Na B3, a curva de contratos futuros do milho teve comportamento semelhante ao demonstrado no mercado físico e as quedas predominaram. O ajuste do vencimento para setembro passou de R$ 96,56 para R$ 95,12, do novembro foi de R$ 96,89 para R$ 95,99 e do março de 2022 caiu de R$ 97,49 para R$ 97,21 por saca.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com