Rabobank destaca confusão no mercado global de carne

Rabobank destaca confusão no mercado global de carne

PARTILHAR
carcaça
Foto Divulgação.

O Rabobank ressalta que o impacto do Covid-19 e o fato de possuir moedas mais fracas em relação ao dólar levaram a uma queda no preço da pecuária

A pandemia de Covid-19 criou confusão no mercado global de carne. “Enquanto alguns países, como China, Austrália, EUA, e, mais recentemente, a União Europeia está começando a remover algumas restrições, outros países, como os da América do Sul, começam a sentir os impactos ”, segundo Angus Gidley-Baird, analista no campo de proteína animal do Rabobank.

“A contenção do vírus, as possibilidades de uma segunda onda de infecções, as reações dos consumidores e as consequências econômicas ainda são incertas”, disse o especialista, segundo a Eurocarne.

Após a desaceleração ou fechamento de várias fábricas de processamento de carne no final de abril nos Estados Unidos, o abate de animais caiu quase 50% a partir de 2019. Isso pressionou o suprimento de carne em supermercados e também o número de animais para engorda.

Durante o mês de maio, os níveis de abate voltaram ao normal, mas levará tempo para recuperar o normal.

No caso da Austrália, a suspensão da China de quatro de seus principais matadouros em 12 de maio por razões técnicas, levou a uma diminuição na produção, uma vez que essas plantas representam uma grande parte da produção do país e a China é uma das principais destinos de exportação. Algo semelhante já havia acontecido em 2017 e levou três meses para regularizar a situação.

Por fim, o Rabobank ressalta que o impacto do Covid-19 e o fato de possuir moedas mais fracas em relação ao dólar levaram a uma queda no preço da pecuária nos últimos três meses, e está no seu preço mais baixo desde março de 2010. Todos os países, exceto a Austrália, tiveram reduções significativas.

Fonte: El País Digital, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com