Recorde: Bela Vista produziu 500 mil doses em setembro

Recorde: Bela Vista produziu 500 mil doses em setembro

PARTILHAR
touro-nelore-cen
Nelore CEN / Foto: José Peres - Zzn Peres

Central Bela Vista registra produção recorde de 500 mil doses em setembro; expectativa da central é produzir 4 milhões de doses até o final do ano

Maior central de coleta de sêmen da América Latina, a Central Bela Vista alcançou produção recorde no mês de setembro. Foram 500 mil doses coletadas, com máxima qualidade e genética de ponta, para o melhorar ainda mais os resultados do rebanho nacional. Aproveitando o bom momento da pecuária nacional, a expectativa da central é produzir 4 milhões de doses até o final do ano, crescimento de 30% em relação a 2019.

Os números comprovam a força e o protagonismo da empresa, que tem a maior estrutura da América Latina para prestação de serviço de coleta e industrialização de sêmen para todas as centrais de inseminação artificial do Brasil, além de importantes criatórios de bovinos em todo o território nacional.

Ao mesmo tempo, a pecuária nacional vem alcançando resultados importantes, sobretudo em relação a margem de lucro dos criadores, tanto no segmento de corte quanto no de leite. Daí a importância da genética, que entra para agregar ainda mais valor ao rebanho dos pecuaristas.

Contando com 580 touros alojadas, a Central está localizada em uma fazenda em Botucatu (SP), que ocupa uma área de 130 hectares a 1.000 metros de altitude. Sua infraestrutura completa é ideal para garantir produção máxima de sêmen com elevada qualidade, sempre aliada ao bem-estar animal.

Beneficiando-se do clima e do isolamento sanitário, importantes diferenciais para a produção de sêmen congelado de bovinos e bubalinos, a empresa investe continuamente em tecnologia e conforto para os animais alojados.

Na última reforma, a central dobrou o tamanho da área destinada à coleta dos reprodutores, passando para 3 mil metros quadrados, oferecendo aos animais um espaço mais arejado e protegido do sol e da chuva.

Segundo o gerente de Operações Gerson Sanches, mesmo durante a pandemia, a empresa não registrou queda na produção. Pelo contrário, continuou trabalhando, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança estabelecidos pelos profissionais de saúde

“Por conta dos decretos do Estado de São Paulo, restringimos visitas com aglomerações, monitoramos regularmente a saúde dos nossos funcionários e criamos uma comunicação eficaz sobre a pandemia”, destaca Sanches.

Importante ressaltar que as vendas de sêmen de gado corte no mercado brasileiro cresceram 47% no primeiro semestre de 2020, para 5,54 milhões de doses, ante o volume registrado em igual período de 2019, de 3,75 milhões de doses, segundo relatório divulgado nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia).

A empresa também incentivou o uso do aplicativo “O Dono do Touro”, através do qual proprietários ou gerentes de produtores das centrais podem visualizar toda movimentação da produção e estoque dos reprodutores em tempo real.

Para o gerente, a produção recorde no mês de setembro é reflexo da confiança dos clientes e parceiros na central, somada aos investimentos que a empresa faz continuamente. “Temos o que há de mais moderno no processo de industrialização de doses, oferecemos segurança e conforto aos animais, além de contarmos com uma equipe altamente capacitada e comprometida em prestar excelência nos serviços”, finaliza.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com