Recorde: Bezerro atinge R$ 16,55/kg com cria supervalorizada

Recorde: Bezerro atinge R$ 16,55/kg com cria supervalorizada

PARTILHAR
Foto: L. M Nieto / @lmnieto

Os leilões voltaram a ocorrer e a busca pela reposição continua aquecida, o pecuarista da recria/engorda encontrou novo recorde de preço a R$ 16,55/kg!

Uma das atividades que vem ganhando força no ano de 2020 é, com certeza, o setor da cria. As matrizes, no passado, foram destinadas ao abate e isso reduziu o número de bezerros disponíveis no mercado. Atualmente, o preços da cria estão quebrando recorde a cada semana. Acompanhando a última valorização do boi gordo, o preço do bezerro atingiu R$ 16,55/kg. Confira!

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na média de todos os Estados monitorados, entre machos e fêmeas anelorados, o mercado de reposição registra valorização de 85,8% no acumulado dos últimos 12 meses.

Após uma semana sem a realização de leilões devido à campanha de vacinação contra a febre aftosa, os eventos comerciais presenciais e virtuais com gado geral na Estância Orsi, em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, retornaram entre os dias 9 e 12 de novembro. Em quatro dias, foram negociados 2.407 animais de corte, gerando renda total de R$ 5,9 milhões.

O destaque da semana ficou para o lote de bezerros nelore com peso médio de 154 kg e que foram negociados a preço recorde. Segundo as informações, o preço batido no martelo foi de R$ 2.550,00 por cabeça, ou seja, o preço de 16,56/kg.

O “3789º Leilão Machos Correa da Costa” comercializou 602 exemplares para reposição ao valor médio geral de R$ 2.795. Na terça-feira, 10, o pregão exclusivo de fêmeas movimentou R$ 2,3 milhões com a comercialização de 991 bezerras, novilhas e vacas à média geral de R$ 2.395.

Na tarde de 11 de novembro, as ofertas do “3791º Leilão Machos e Fêmeas Correa da Costa” envolveram 647 reses por R$ 2.279/cab. Encerrando a agenda da segunda semana do mês, o leilão no dia 12 obteve receita de R$ 434.590 com a venda de 167 lotes à média de R$ 2.602.

A organização dos remates foi da Correa da Costa Leilões Rurais, que transmitiu os eventos em seu site e redes sociais. O leiloeiro rural Luciano Pires comandou o martelo durante as captações dos lances para pagamento à vista.

Disponibilizado pelo aplicativo da Agrobrazil, o mercado segue com grande valorização na categoria. Segundo as médias mensais, temos até o momento uma valorização superior a R$ 880,00 por cabeça, usando como referência a praça paulista.

Confira nas tabelas as médias por categorias dos quatro leilões:

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com