Sertanejo famoso é preso por estuprar enteada de 14 anos

PARTILHAR
Cantor Rodolfo foi detido dentro de casa, no Benedito Bentes Reprodução/Redes Sociais

O cantor sertanejo Rodolfo, que fazia duplo com Hugo, foi preso por estuprar enteada durante 10 anos; Mãe da vítima fez a denuncia. Ele alegou ter agido sob efeito de drogas.

Na manhã desta sexta-feira (17/12) um cantor sertanejo de 27 anos foi preso preventivamente, acusado de estuprar a própria enteada, de apenas 14 anos, desde que a menina tinha 4. O nome não foi divulgado para preservar a identidade da vítima. O artista foi detido dentro de casa, situada no bairro do Benedito Bentes, na cidade de Maceió (AL). O mandado de prisão preventiva foi cumprido após uma denúncia feita pela mãe da vítima à Polícia Civil do estado.

O cantor sertanejo Rodolfo, que fazia dupla com Hugo, foi preso preventivamente, ele é suspeito de estuprar a enteada, de 14 anos. Os abusos teriam durado 10 anos.

Até a última atualização dessa reportagem, o g1 não havia obtido contato da defesa de Rodolfo. A polícia informou que, ao ser preso, ele admitiu o crime e disse que agiu sob efeito de drogas.

De acordo com o chefe de operações da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o adolescente (DCCCA) Alan Barbosa, o abuso foi denunciado pela mãe da adolescente, depois de a filha relatar a ela que os abusos aconteciam desde que a menina tinha 4 anos.

“Segundo o que a mãe dela relatou para a polícia, ela não sabia que os abusos aconteciam, só descobriu agora, porque a adolescente não aguentava mais a situação e contou para ela”, afirmou o chefe de operações.

A Polícia Civil informou ainda que a enteada disse que deixava de comer para ficar magra e “feia”, na tentativa de evitar os estupros. O chefe de operações também relatou que a adolescente sofria ameaças de morte para não revelar os estupros.

“Não foi precisado quando as ameaças começaram, mas ele dizia que mataria a adolescente, a mãe dela, a irmãzinha dela [filha dele] e depois se mataria, para que ela não revelasse nada”, disse. No inquérito policial constam áudios enviados pelo cantor para a esposa, mãe da adolescente, pedindo desculpas por usar drogas.

“Mandou um áudio dizendo que a mãe era maravilhosa, que ele errou, mas não diz o que fez, que é usuário de drogas, que eram drogas mais pesada do que ela pensava”, detalhou o chefe de serviço da DCCCA.

O estupro acontecia na casa da família, onde Rodolfo morava com a vítima, a mãe dela e mais um filho do casal. Rodolfo é alagoano e fazia parte de uma dupla sertaneja que por quase uma década fez shows em bares e eventos de Alagoas, mas há mais de um ano estava em carreira solo.

A mãe e a adolescente prestaram depoimento e o inquérito foi concluído com a prisão preventiva do suspeito. Ele vai ficar detido na Casa de Custódia da Central de Flagrantes I, onde deve aguardar andamento do processo.

Carreira musical

O acusado possui mais de 10 anos de carreira e seguia carreira solo, mas já integrou uma dupla sertaneja de destaque local, realizando apresentações em bares, restaurantes e casas de show de Maceió, no interior do estado e até em outras regiões do Nordeste.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.