Silagem de casca de banana para vacas leiteiras

PARTILHAR
Foto Divulgação.

As cascas de banana apresentam inúmeros atributos positivos, o que as torna adequadas como alimento animal e como alimento complementar alternativo.

As bananas constituem uma das mais importantes culturas alimentares básicas para consumo humano durante todo o ano na maioria dos países africanos. Gera quantidades consideráveis de cascas de banana, parte das quais é frequentemente utilizada como alimento para a pecuária. A casca de banana como silagem para ruminantes é, portanto, uma consideração interessante.

Valor nutritivo das cascas de banana como silagem

As cascas de banana apresentam inúmeros atributos positivos, o que as torna adequadas como alimento animal e como alimento complementar alternativo durante os períodos de escassez de forragem. Possuem alto teor de umidade (em torno de 15% MS), o que ajuda os animais a se manterem hidratados.

As cascas de banana também são uma boa fonte de minerais, especialmente potássio e sódio, e têm um teor de fibra de cerca de 30%, em comparação com o teor de fibra de cerca de 45% na maioria das espécies de gramíneas. Isso confere às cascas uma melhor digestibilidade e, consequentemente, um consumo elevado em comparação com as das gramíneas (60,6% de digestibilidade da MS e 58,6% de matéria orgânica). Elas também contêm vários tipos de vitaminas, como A, B1, B2 e C, e são extremamente ricas em amido inofensivo, que é impermeável a α-amilase e glicoamilase devido ao seu alto nível de estrutura cristalina característica.

Além disso, foi relatado que cascas de banana contêm alto conteúdo de tanino. A alimentação com alimentos contendo tanino resulta em carne com uma cor mais clara e tende a aumentar a produção de leite e o teor de proteína, provavelmente porque protegem a proteína da dieta da degradação ruminal. Além disso, fornecem quantidades suficientes de glicose, o que é fundamental para a manutenção e capacidades benéficas dos ruminantes.

O uso potencial de cascas de banana como silagem

Os princípios básicos da silagem feita com casca de banana são os mesmos da silagem feita com forragem. Assim, as cascas devem ser mantidas em condições anaeróbicas e permanecer em armazenamento hermético para estimular a fermentação do ácido láctico, onde os açúcares livres são convertidos em ácido láctico, o que diminui o pH e inibe microrganismos sensíveis ao pH que podem estragar a silagem. Um aumento no pH acima de 4,7 pode ser uma consequência da atividade microbiana indesejável, como o crescimento de clostrídios que degradam o valor nutricional da silagem, enquanto produzem altos níveis de ácido butírico, ácidos acéticos e amônia, todos os quais afetam a qualidade de silagem e, portanto, o desempenho animal.

corte das cascas de banana deve ser feito antes de colocá-las no silo. Isso pode contribuir para a melhoria de um ambiente hermético, uma vez que um material mais compacto exclui o ar de maneira mais eficaz. Em segundo lugar, o corte favoreceria o processo de fermentação, uma vez que um comprimento de corte menor aumenta a disponibilidade de energia para os microrganismos.

No entanto, como as cascas de banana são pobres em açúcares livres e como os carboidratos facilmente fermentáveis são a maior preocupação para atingir uma rápida redução do pH, elas devem ser misturadas com materiais ricos em energia, como por exemplo, melaço ou raízes.Cascas de banana também podem ser misturadas com alimentos secos, uma vez que a silagem extremamente úmida (MS <25%) pode levar a uma fermentação indesejável e resultar em silagem ácida.

Além disso, em condições tropicais onde altas temperaturas são comuns, a deterioração durante a alimentação é de grande preocupação. Os produtores devem, portanto, considerar a construção de trincheiras menores para que o alimento possa ser fornecido em um curto espaço de tempo, minimizando assim a deterioração aeróbia.

período de ensilagem da silagem preparada a partir de cascas de banana cruas sem aditivos é de 28 dias, mas com 3% de açúcar mascavo (açúcar não purificado ou não centrífugo) o período de ensilagem não pode ultrapassar 24 dias. A silagem de casca de banana crua com açúcar mascavo como aditivo no período de ensilagem especificado terá características desejáveis em termos de cor, odor e deterioração em comparação com outros aditivos, como sal ou ureia (Tabela 1).

Produção animal

Na alimentação de gado leiteiro, observou-se que o peso vivo não diferiu significativamente quando cascas de banana foram fornecidas a vacas leiteiras em níveis de 20, 40 e 60% da ração diária e suplementadas com farelo de milho e torta de semente de algodão, para torná-las isonitrogenadas.

As cascas de banana também têm efeito positivo na produção de leite devido ao fornecimento de uma quantidade suficiente de glicose, conforme indicado anteriormente. Uma vaca leiteira em lactação precisa de um bom suprimento de glicose devido às demandas para a síntese do leite.

A maior limitação do uso de bananas é a falta de nitrogênio fermentável. Esta situação foi esclarecida por um experimento comparando dietas de banana com e sem torta de algodão para bovinos. Conforme mostrado na Tabela 2, melhorias significativas no ADG foram obtidas com a suplementação. Essas melhorias ocorreram linearmente à medida que o nível de torta de algodão aumentou de 1 para 2 kg/vaca/dia.

Esses resíduos de banana também podem ser usados na forma fresca ou ensilada como uma alimentação alternativa para cordeiros alimentados com forragem de gramíneas. Em um estudo, não foram observadas diferenças significativas no consumo de MS total, consumo de energia digestível total, ganho de peso corporal total e ganho diário entre os dois grupos de cordeiros alimentados com casca de banana ou azevém.

Para cabras em lactação, também foi realizado um estudo para examinar a possibilidade de substituir o componente cereal na dieta de cabras em lactação por cascas de banana verdes ou ensiladas. Verificou-se que a substituição completa dos cereais por cascas de banana resultou em aumento do consumo de matéria seca e produção de leite e eficiência alimentar significativamente maiores (Tabela 3).

Conclusões

  • As cascas de banana podem ser usadas como um valioso material de silagem e são recomendadas para áreas de alta produção e processamento de banana.
     
  • Cascas de banana como silagem podem ser conservadas com sucesso quando as condições típicas de ensilagem são fornecidas e um aditivo adequado é usado.
     
  • conteúdo de proteína bruta da casca de banana é geralmente baixo (cerca de 8% da MS). Embora as cascas sejam ricas em potássio e sódio, carecem de outros elementos, como cálcio e fósforo. Esses elementos devem, portanto, ser suplementados com fontes ricas em proteínas para um desempenho animal ideal.
     
  • O manejo adequado, a suplementação e a alimentação de silagem feita de cascas de banana teriam efeitos positivos em bovinos, ovinos e caprinos em termos de crescimento e produção de leite.

As informações são do Dairy Global, traduzidas e adaptadas pela equipe MilkPoint.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com