Sinais de alerta de raiva em bovinos, confira!

PARTILHAR

A raiva em rebanhos, como gado, pode ser rara, mas sua capacidade de se espalhar pelo rebanho ainda representa um sério risco. Veja abaixo os sintomas!

A raiva geralmente está associada a cães ou morcegos, mas também pode se desenvolver insidiosamente em uma variedade de mamíferos. A raiva em rebanhos, como gado, pode ser rara, mas sua capacidade de se espalhar pelo rebanho ainda representa um sério risco.

Pam Douglas, coordenadora de controle de infecção do Texas A&M University College of Veterinary Medicine & Biomedical Sciences, compartilha suas ideias sobre o vírus da raiva e seu impacto potencial no gado.

“A raiva pode ocorrer em todos os animais de sangue quente e quase sempre é fatal”, disse Douglas. “A raiva é causada por um vírus que afeta o sistema nervoso e é transmitido pela saliva de um animal infectado, geralmente através de uma mordida ou saliva que entra em contato com as membranas mucosas (olhos, nariz ou boca) ou uma abertura na pele . A raiva é incomum em gado, mas pode haver alguns casos em que os casos de vida selvagem nas proximidades aumentam porque há mais oportunidades de exposição. ”

Animais infectados exibem alguns padrões comuns de comportamento que os proprietários podem observar em seus rebanhos. “Anorexia, coceira, coordenação deficiente, claudicação, hipersalivação, aparência de asfixia e gritos são alguns dos sinais de raiva em bovinos”, disse Douglas.

Os animais afetados também podem apresentar comportamento agressivo, espasmos musculares, convulsões e ansiedade.

Considerando a gravidade da doença e a dificuldade em tratá-la, a prevenção deve ser o foco principal dos proprietários. A vacinação antirrábica é fortemente recomendada para qualquer animal ou humano em risco de contrair a doença, já que a exposição à raiva é grave também para os humanos, quase sempre causando a morte quando as pessoas começam a apresentar os sintomas.

Se os proprietários forem expostos à saliva de um animal infectado, Douglas sugere lavar a área contaminada com água e sabão o mais rápido possível, especialmente se a saliva entrar em contato com uma ferida aberta.

“As pessoas tendem a ficar expostas porque tentam ajudar um animal que parece estar sufocando porque não consegue engolir”, disse Douglas. “Se você for mordido ou se a saliva entrar em contato com suas membranas mucosas, lave com sabão e água limpa e consulte seu médico.”

As consequências da raiva podem ser terríveis, mas a doença é facilmente prevenida com vacinas anuais.

Se houver suspeita de raiva em seu rebanho, trabalhar com o veterinário local e com as autoridades de saúde estaduais é fundamental para evitar que o surto se espalhe ainda mais.

Sinais para ficar atento

1. Anorexia

A anorexia em bovinos pode ser um sinal de raiva em bovinos.

2. Coceira

O gado com coceira ou comportamento agressivo pode ser um sinal de raiva.

3. Coordenação prejudicada

Bovinos que apresentam problemas de coordenação ou mesmo ansiedade também podem estar infectados com o vírus da raiva.

4. Claudicação

A claudicação é uma preocupação quando encontrada em bovinos. Pode ser um sinal do vírus da raiva.

5. Hipersalivação

Se você notar uma vaca em seu rebanho com hipersalivação, você considere o vírus da raiva.

6. Asfixia

O gado que está sufocando violentamente ou constantemente pode estar sofrendo do vírus da raiva.

7. Berrando

Bovinos que estão gritando constantemente, expressando espasmos musculares ou mesmo convulsões podem ser um sinal de raiva.

Fonte: BEF Magazine, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com