Soja volta ao patamar de R$ 175,00/sc

PARTILHAR
soja sendo carregado no porto em navio exportacao
Foto: Divulgação

Um alívio ao agricultor, com os prêmios de exportação levaram a soja em Paranaguá/PR novamente ao preço de R$ 175,00/sc. Confira abaixo!

A combinação dos movimentos de valorização do dólar e dos futuros da soja em Chicago somado os prêmios de exportação levam a soja em Paranaguá/PR novamente ao preço de R$ 175,00/sc.

Na CBOT, a alta do óleo de soja fez os futuros do grão registrarem valorização pelo segundo pregão consecutivo. O vencimento novembro/21 fechou o dia valendo US$ 12,82/bu, com variação positiva de 0,69%.

Boi gordo

Com o ritmo dos negócios no mercado físico do boi gordo evoluindo a passos lentos e sem muitas alterações entre oferta e demanda, a referência de preços anda de lado em São Paulo e os negócios se concretizaram ainda em média a R$ 300,00/@. Na B3, o contrato futuro de boi gordo com vencimento para outubro/21 fechou cotado a R$ 305,85/@, com desvalorização de -0,67% no comparativo diário.

No mercado atacadista de carne bovina, os preços dos principais cortes bovinos comercializados seguem cotados nos mesmos patamares do início da semana. Com isso a carcaça casada bovina permanece cotada em R$ 19,10/kg. A acomodação dos preços se deve ao consumo retraído do final do mês e as sobras de estoques.

Milho

A oferta do milho continua a sobressair diante da demanda do mercado, dando sequência a pressão baixista tanto no físico quanto nos futuros do cereal. Em Campinas/SP a saca está sendo comercializada na casa dos R$ 92,00/sc e na B3, o vencimento novembro/21 recuou 0,49%, fechando o pregão valendo R$ 92,22/sc.

Com uma melhora no humor do mercado externo, os futuros de milho encerraram a quarta-feira em alta na bolsa de Chicago, acompanhando o avanço do petróleo, favorecendo a competitividade do etanol de milho nos EUA. O vencimento dezembro/21 do grão encerrou o dia em US$ 5,25/bu, valorização de 1,64%.

Fonte: Agrifatto

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.