StoneX estima avanço 6% das entregas de fertilizantes

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Conjuntura do mercado de grãos e comercialização antecipada de adubos impulsionam importações e perspectiva para o consumo no ano corrente.

As perspectivas de uma temporada 2020/21 com safras recordes de grãos, aliadas ao forte crescimento das cotações das commodities nos últimos meses, têm gerado maior otimismo e aumento dos níveis de capitalização dos agricultores em todo o mundo, que se demonstraram mais dispostos às aplicações de fertilizantes. 

A consultoria StoneX estima avanço de 6,0% das entregas em 2021, atingindo a marca de 41,80 milhões de toneladas, novo recorde para o mercado doméstico. O grupo calcula que em 2020 a demanda tenha avançado 8,8% ao alcançar a marca de 39,42 milhões de toneladas de NPK entregues aos produtores. 

A estimativa para 2021 segue dados de comercialização avançados e fortes importações ao longo dos primeiros meses do ano. Vale lembrar que os volumes comercializados antecipadamente ainda devem ser internalizados ao longo dos próximos meses, com os agricultores buscando aproveitar janelas de compras mais favoráveis ante o cenário de alta. 

“No que diz respeito à segunda metade de 2021, cerca de 43% dos compromissos previstos já foram negociados a nível nacional, sendo que no Centro-Oeste também se destaca como região mais adiantada, tendo firmado cerca de 52% das compras de fertilizantes”, avalia a analista de inteligência de mercado da StoneX, Gabriela Fontanari.  

“O mercado se manterá atento aos desenvolvimentos da safra dos Estados Unidos e Índia a partir do segundo trimestre, buscando identificar tendências para o balanço de oferta e demanda mundial que possam impactar o âmbito doméstico”, ressalta.

Tradicionalmente, o segundo semestre do ano é marcado pelo maior volume de aplicações, ante a preparação para o plantio das safras de verão, dentre as quais se destacam a soja e o milho, e adubação de cafezais e canaviais no Centro-Sul.

“Nosso levantamento sinaliza uma manutenção do otimismo dos agricultores para com as adubações na temporada 2020/21 da safra de inverno, destacando o milho safrinha, plantado agora no primeiro trimestre, mas também com as aplicações da safra 2021/22 de grãos, a serem iniciadas a partir de setembro”, resume a analista da StoneX, Gabriela Fontanari.

Fonte: Stonex

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.