Urgente: Fazenda é invadida por bandidos, veja!

Urgente: Fazenda é invadida por bandidos, veja!

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Segundo o dono da fazenda invadida, foram levadas duas caminhonetes e uma grande quantidade de defensivos. Funcionários foram rendidos e amarrados!

Uma propriedade rural foi invadida por bandidos na madrugada desta terça-feira (8) no Distrito de Deciolândia, em Diamantino, a 299 km de Cuiabá. Segundo o dono da Fazenda, duas caminhonetes e uma grande quantidade de defensivos agrícolas foram levadas pelos suspeitos.

O proprietário disse à polícia que oito criminosos armados chegaram de madrugada, renderam e amarraram os funcionários da fazenda.

As áreas da fazenda estavam sendo preparadas para começar o plantio de soja, por isso, os insumos estavam estocados em um depósito dentro da propriedade.

Os funcionários estão fazendo o levantamento da quantidade de produtos retirados do local.

Uma das caminhonetes foi localizada às margens de uma rodovia. O proprietário da fazenda ofereceu recompensa para quem tiver informações que ajudem a localizar os suspeitos ou os produtos roubados.

Os assaltos e assassinatos na zona rural estão cada vez maiores, a insegurança no campo é crescente. Os produtores estão cada dia mais de mãos atadas com tanta criminalidade. Infelizmente, o setor público não se preocupa com tal situação.

A Polícia Civil deve investigar o caso.

Falso policial acusado de extorquir produtores rurais é preso em Mato Grosso

A prisão dele só aconteceu porque foram as próprias vítimas que desconfiaram da forma com que ele fazia as abordagens na zona rural e denunciaram o caso à Polícia Civil.

Um homem foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, suspeito de se passar por policial civil para extorquir produtores rurais da região.

A prisão dele só aconteceu porque foram as próprias vítimas que desconfiaram da forma com que ele fazia as abordagens na zona rural e denunciaram o caso à Polícia Civil.

Esse homem que extorquia principalmente pequenos e médios produtores na região de Rondonópolis foi identificado pela polícia.

Ele tem 32 anos e, de acordo com o relato das vítimas, chegava nas propriedades armado, alegando que estava conduzindo investigações. Ele dizia que tais investigações apontariam aquela vítima como investigada em roubos de gado ou outros crimes.

A partir dessa história criada por ele, ameaçava prender a vítima caso não entregasse, no outro dia, a quantia em dinheiro que ele pedia na primeira abordagem. Na delegacia, uma das vítimas disse que ele teria exigido R$ 50 mil.

Segundo tenente da força tática, João Felipe Queiroz de Melo, muitas outras vítimas podem ter caído na lábia do estelionatário.

A arma que o falso policial usava nas abordagens ainda não foi apreendida. Ele já tinha passagens pela polícia por furto e receptação e agora deve responder também por estelionato e extorsão.

Fonte: Cenário MT

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com