Vídeo: Ladrões abatidos e roubo de 500 cabeças de gado!

Vídeo: Ladrões abatidos e roubo de 500 cabeças de gado!

PARTILHAR

Operação é um desdobramento da ação onde nove homens que integravam uma organização criminosa foram presos suspeitos de furtarem cerca de 500 animais!

Dois homens foram presos, em Araçatuba (SP), durante a Operação “Boi Gordo”, que investiga o furto de cabeças de gado na região. De acordo com a Polícia Civil de Jales (SP), responsável pela operação, foram cumpridos seis mandados de prisão na região.

Estamos trazendo aqui, duas ações policiais que, no último mês tiveram grande impacto no setor, mitigando a ação de ladrões de gado que tentaram roubar, ao todo, cerca de 600 cabeças de gado. As ações da polícia são exemplos que devem ser seguidos em outras regiões! CONFIRA O VÍDEO!

Ainda segundo a polícia, este é um desdobramento da operação realizada na cidade em outubro, quando nove homens que integravam uma organização criminosa foram presos suspeitos de furtarem cerca de 500 cabeças de gado.

As investigações apontaram que os suspeitos agiam principalmente na região de Jales, mas também atuaram nos municípios de Tupã, Mirandópolis e Araçatuba (SP).

Em outubro, o delegado Sebastião Biasi relatou que a quadrilha era dividida em dois grupos. Enquanto o primeiro fazia o levantamento e monitorava a propriedade rural que seria furtada, o segundo era responsável por cometer o crime.

As investigações também apontaram que a quadrilha furtava gado leiteiro e de corte. A polícia suspeita de que os receptadores faziam notas frias para depois vender os animais para frigoríficos da região.

Polícia mata ladrões que fizeram idosos reféns para roubar gado de fazenda

Em outro vídeo, feito pela polícia, os idosos contaram que os suspeitos simularam que estavam com um problema no carro e pediram ajuda a eles. Após falarem que não poderiam ajudar, os moradores foram abordados, ameaçados e trancados em um quarto.

De acordo com o major do batalhão rural Ygor Klay Morais Leite, cinco caminhões que seriam usados para transportar o gado estavam na propriedade. Segundo ele, os caminhoneiros foram contratados pelos criminosos, mas, ao perceberam que a carga não tinha nota fiscal, se recusaram a transportar os animais.

“Os motoristas dos caminhões estavam de boa-fé. Foram chamados para fazer o transporte do gado e, quando chegaram, pediram a documentação do transporte. Como não havia, eles se recusaram a fazer o transporte. Os criminosos disseram que iriam buscar a documentação na cidade”, disse o major.

Enquanto os suspeitos iam para a cidade, por meio de uma estrada rural, a PM se deparou com eles. Conforme a corporação, durante tentativa de abordagem, o motorista jogou o veículo em cima de uma viatura. Ainda de acordo com os policiais, os passageiros começaram a atirar contra os policiais.

CONFIRA O VÍDEO DOS LADRÕES ABATIDOS!

“Os criminosos estavam indo embora, acho que iam desistir da ação porque não deu certo com os caminhoneiros. Nós fomos alertados a respeito da movimentação atípica na propriedade, no sentido de reunir gado à noite. Já estávamos a caminho da propriedade quando houve o confronto”, disse o major.

A equipe policial informou ainda que revidou os tiros e os três suspeitos, que não tiveram nomes nem idades divulgadas, foram atingidos. Uma equipe de socorro foi acionada, mas os suspeitos morreram no local.

Ainda conforme a corporação, um dos suspeitos já possuía diversas passagens por furtos e roubos de gado. Com o trio, foram apreendidos dois revólveres e uma pistola. O caso será investigado pela Polícia Civil de Iporá.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com