Banqueiro coloca fazenda milionária à venda, confira

PARTILHAR

A fazenda Santa Bárbara, no Pará, que já foi uma das maiores do Brasil, tem cerca de 500.000 de cabeças de gado, e foi colocada à venda por Daniel Dantas!

Considerada não só uma das maiores fazendas do Pará, mas também do Brasil, a Fazenda Santa Barbara, atualmente conhecida como AgroSB, tem como um dos seus pilares o banqueiro Daniel Dantas. As informações da venda dos empreendimentos rurais e o rebanho bovino, foi divulgado na coluna de Lauro Jardim, no site O Globo, onde disse “Banqueiro Daniel Dantas põe à venda fazendas e plantel de bois”. Confira abaixo!

Controlada pelo fundo de investimento Opportunity, a AgroSB (antes denominada Agropecuária Santa Bárbara Xinguara) é uma das principais fazendas do país. As fazendas da Agro SB, braço rural do império erigido pelo banqueiro Daniel Dantas, possui uma imensidão de terras, agora colocadas à venda!

Maior empresa de pecuária de corte do Brasil, a Agropecuária Santa Bárbara possui, atualmente, cerca de 500 mil cabeças de gado em 500 mil hectares de terra, com atuação no Pará, Mato Grosso, São Paulo e Minas Gerais.

O conglomerado do agronegócio, formado em 2005, tem aproximadamente 500 fornecedores ativos no Sul do Pará – onde se localiza quase toda a sua produção -, que fornecem máquinas e equipamentos, material para os funcionários, alimentos, combustíveis, insumos agropecuários, fretes e veículos. Segundo dados da empresa, o investimento entre 2005 e 2008 girou em torno de R$ 1,5 bilhão.

O banqueiro Daniel Dantas, hoje longe dos holofotes, tem vendido seu plantel de bois e seu portfólio de fazendas localizadas na região Norte. Dona de 515 mil hectares, a AgroSB era, até este ano, a terceira maior proprietária de terras no Brasil.

Lembramos que foi em janeiro deste ano que a empresa foi ultrapassada pela SLC Agrícola que, com a fusão com a Terra Santa Agro, passou a controlar 581 mil hectares, empatada com o Grupo Bom Futuro, de Eraí Maggi, ambas conhecidas como Rei da Soja.

Foto: AgroSB

Colocada à venda, segundo as informações do O Globo, a fazenda Santa Bárbara, no Pará, que já foi uma das maiores do Brasil (sua área total já foi três vezes maior do que a cidade de São Paulo), com quase 1 milhão de cabeças de gado, está sendo desinvestida pelo dono do Opportunity.

Além da pecuária, principal atividade do grupo, a AgroSB vem ampliando seus negócios no cultivo de soja, milho e algodão, com polos experimentais no sudeste do Pará.

A pecuária de corte da AgroSB, segundo seu portal

Nossa atividade pecuária de corte é direcionada para os segmentos Comercial (produção de carne bovina) e de Seleção (para reprodução, melhoramento genético), com gado da raça Nelore.

Atuamos com o ciclo completo (cria, recria e engorda), diversificando nossa atividade comercial. Nos núcleos de produção, as fêmeas em idade reprodutiva são acasaladas de forma natural ou por inseminação. Os bezerros produzidos são desmamados aos 8 meses de idade. Os machos são retidos para engorda, as fêmeas são recriadas e incorporadas ao rebanho quando chegam a idade reprodutiva.

O gado alimenta-se quase que exclusivamente de pastagens, utilizando modernas técnicas de manejo rotacionado de pastagens para realizar um melhor aproveitamento das áreas destinadas à alimentação dos animais, o que garante altas lotações e excelentes índices de produtividade. Na fase final de engorda também é possível o uso de suplementos ou confinamento.

Confinamento

A AgroSB incorporou a tecnologia do confinamento em 2013 como uma estratégia gerencial para o sistema de produção. A adoção dessa tecnologia permite a produção de animais mais precoces, com melhor acabamento de carcaça e em um menor ciclo de produção. É um passo à frente na busca de uma produção pecuária mais sustentável técnica e economicamente, respeitando sempre, o meio ambiente.

A capacidade estática da estrutura hoje é de 20.000 cabeças, podendo-se realizar mais de um ciclo de confinamento por ano. O inicio da ampliação da estrutura está previsto para este ano, ampliando a capacidade em mais 10.000 cabeças.

Grande parte dos insumos consumidos no confinamento (grãos e volumosos) é produzida nas fazendas do grupo.

Foto: AgroSB
Foto: AgroSB
Foto: AgroSB
Fazenda Santa Bárbara
Foto: AgroSB
Fazenda Santa Bárbara
Foto: AgroSB
Fazenda Santa Bárbara
Foto: AgroSB
Fazenda Santa Bárbara
Foto: AgroSB

Sobre os escândalos envolvendo a AgroSB

A Agropecuária Santa Bárbara (AgroSB), empresa dos fundos de investimentos geridos pelo Opportunity, fundada em 2005, é uma das mais atuantes nos mercados agrícola e de pecuária do país.

A AgroSB abriga mais de 900 empregados diretos e gera, por estimativa, mais de 10 mil empregos indiretos. É uma empresa que leva modernização ao campo, possui todas as autorizações e licenças ambientais para exercer sua atividade e contribui para o fortalecimento da economia do Pará.

Considerada uma das principais criadoras de gado do país, a empresa foi flagrada, em 2019, descumprindo embargos ambientais do Ibama ao transferir gado do complexo Lagoa do Triunfo para engorda na Fazenda Espírito Santo, em Xinguara (PA), de onde os animais eram vendidos a dois abatedouros da JBS.

Entretanto, a empresa nega as acusações de trabalho escravo, desmatamento ilegal, utilização de agrotóxico em área não permitida e segue lutando pela reintegração de posse das áreas invadidas. Sendo que, ainda sobre as invasões, a empresa acusa que essas invasões foram responsáveis por essas depredações das áreas de APA.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com