Bolsonaro: Acabou ‘pacote de maldades’ para o agronegócio

Bolsonaro: Acabou ‘pacote de maldades’ para o agronegócio

PARTILHAR
jair-bolsonaro-de-chapeu
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Durante a inauguração da planta de biogás em Guariba (SP), Jair Bolsonaro afirmou há pouco que o governo é aliado do homem do campo

Em discurso, o presidente disse que os produtores não serão mais afetados por “pacotes de maldades”, em referência a medidas ligadas à preservação do meio ambiente. Bolsonaro citou uma reunião com um chefe de Estado europeu, sem citar qual, em que teria dito que o Brasil havia mudado.

“Eu disse para aquele chefe de Estado naquele momento que o Brasil tinha mudado. Acabou o tempo que o chefe de Estado ia para fora e voltava para cá com um pacote de maldades e quem pagava a conta geralmente era o homem do campo.”

Bolsonaro tem um histórico vasto de falas defendendo o agronegócio ao longo do seu governo durante os últimos dois anos.

O agronegócio em grande parte evitou que Brasil entrasse no colapso econômico e mais do que nos deu segurança alimentar. Vocês estão de parabéns. Vocês são nosso orgulho”.

“O agronegócio em grande parte evitou que Brasil entrasse no colapso econômico e mais do que nos deu segurança alimentar, não só a 210 milhões de brasileiros bem como a mais de um bilhão de outras pessoas que vivem ao redor desse enorme mundo. Vocês estão de parabéns. Vocês são nosso orgulho”, declarou.

Durante discurso na ONU ele também bradou – “No Brasil, apesar da crise mundial, a produção rural não parou. O homem do campo trabalhou como nunca, produziu, como sempre, alimentos para mais de 1 bilhão de pessoas. O Brasil contribuiu para que o mundo continuasse alimentado. Nossos caminhoneiros, marítimos, portuários e aeroviários mantiveram ativo todo o fluxo logístico para distribuição interna e exportação”, disse, reforçando que o avanço da produção agropecuária deu-se sem desrespeitar “a melhor legislação ambiental do planeta”.

Enquanto isso, segundo pesquisa efetuada pela XP Investimentos a rejeição ao governo de Jair Bolsonaro vem caindo mês após mês, chegando a 31%, a menor em 17 meses.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.