Caçador é morto por armadilha durante a caça

Caçador é morto por armadilha durante a caça

PARTILHAR

Homem que estava desaparecido morreu após ser atingido por armadilha de caça na mata, tiro pode ter sido acidental, confira!

Francisco Lima Silva, de 49 anos de idade, foi encontrado morto em uma área de floresta na Comunidade Formigueiro, no Badejo do Cima, em Guajará (AM). O homem teria saído para caçar, e estava desaparecido há mais de três dias.

Os vizinhos e familiares começaram as buscas pelo homem na terça-feira (14) e encontraram o corpo com marcas de tiro no lado esquerdo do tórax na quarta-feira (15). Nós do Compre Rural lamentamos o ocorrido e desejamos a todos da família e amigos os nossos sentimentos neste momento tão difícil.

No local havia uma arma velha em uma armadilha disparada e o homem devia está colocando outra armadilha com arma de fogo. A suspeita é que tenha ocorrido um acidente para ocasionar a morte.

Liguei para falar com ele na segunda feira e não consegui, então pedi para outro morador ir procurar ele lá na casa, mas ele não encontrou. Começaram as buscas na mata na terça-feira e encontraram ele na quarta. Foi desesperador essa situação. Ele era um caçador experiente. Eu imagino que ele caiu, pois ele tinha uma falha na perna por causa de um acidente, e quando caiu a arma disparou”, contou a viúva Rosa Maria de Paiva.

Junto com a vítima foi encontrada a arma que usava para caçar e uma poronga. A viúva contou que o esposo era acostumado a manusear arma de caça. A esposa lamenta as burocracias enfrentadas para liberação do corpo no IML de Cruzeiro do Su, devido o caso ter ocorrido no Amazonas.

“Eles falaram que não podiam fazer nada, porque lá era Amazonas e como o IML é Acre não podiam fazer nada. O médico do Guajará veio pra liberar o corpo. Foi uma dificuldade. Não conseguimos nem velar o corpo, devido o tempo que ele ficou morto, já estava todo inchado”, relatou.

Garoto tropeça em armadilha de caça e é atingido por tiro na virilha

Um adolescente, 17 anos, ficou ferido após ser atingido por um tiro de arma de fogo, disparado de uma armadilha de caça, que estava armada no meio do mato. Ele foi atingido após tropeçar no fio que detona o dispositivo. O caso foi registrado em região de mata, próximo ao bairro Jardim das Palmeiras, em Nova Mutum (242 km da Capital).

O rapaz estava no local tomando banho de rio com um amigo na tarde do último sábado (13).

O tiro acertou a região da virilha da vítima. O adolescente foi retirado do meio no mato com a ajuda do amigo que acionou o Corpo de Bombeiros. No local, os paramédicos realizaram atendimento de primeiros socorros e encaminharam o jovem para o Hospital Municipal, onde está internado sob cuidados médicos.

Na unidade de saúde, além do ferimento na virilha, foi verificado projétil da arma de fogo no abdômen do menor, mas aparentemente não corre risco de morte.

Segundo o boletim de ocorrência, o adolescente tropeçou na armadilha, quando deixou o riacho, por volta das 15 horas, para voltar para casa.

A vítima disse aos policiais que escutou um estouro e em seguida muita fumaça. E só depois percebeu que estava ferido.  

A arma artesanal com uma munição deflagrada, provavelmente calibre 36, foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil, onde vai passar por perícia e ajudar na investigação sobre quem será responsabilizado pelo acidente.

Compre Rural com informações do Jurua Online

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com