Carpa é a gigante do mundo dos leilões Nelore

Carpa é a gigante do mundo dos leilões Nelore

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Evento sem precedentes vendeu 4.200 animais em Barra do Garças/MT e faturou mais de R$ 10 milhões com 120 compradores.

A equipe da Carpa trabalhou um ano para formatar o novo Leilão Mega Anual Carpa “Mega dos Megas” e viabilizar as duas etapas da grande oferta que marcou a fusão dos tradicionais remates “Anual Carpa” e “Mega Carpa”.

No primeiro dia, entraram no tattersal da Fazenda Cibrapa três mil bezerros de corte, 800 novilhas prenhes e 200 touros melhoradores e, no segundo dia, foram disponibilizadas 200 fêmeas PO da nova geração, registradas e prenhes.

Os lances pipocaram de todas as partes do Brasil. Ao todo, 120 compradores conseguiram arrematar lotes comerciais e de genética melhoradora do plantel, o que resultou em um faturamento superior a R$ 10 milhões. O assessor pecuário Carlos Marino Filho reputa o sucesso do remate à solidez do trabalho da equipe de Eduardo Biagi e ao foco nas reais necessidades da atividade a campo. “Tivemos, durante muito tempo, os julgamentos de morfologia como ferramenta principal de identificação de animais superiores e, hoje, contamos também com a disponibilidade das avaliações dos programas de melhoramento e da genômica. Nenhum método é cem por cento garantido, mas a junção deles pode fazer a diferença.

Nesse contexto, o mercado observou os resultados práticos diretos e a campo da seleção genética Carpa e valorizou a produção em larga escala, padronizada e com alta qualidade desse gado de corte. O núcleo de seleção da Carpa foi fundado em 1971 e, em 1985, o projeto comercial, e eles sempre estiveram integrados. São mais de três décadas sem nunca entrar um touro que não fosse puro e melhorador na vacada comercial, e esse é o mérito do rebanho de corte tão melhorado. É uma realidade antagônica a de uma ‘diferença esperada’ de um programa de computador”, explica Marino.

A média de venda dos reprodutores ficou em R$ 10,5 mil e das fêmeas PO, em R$ 6,5 mil. Para o gado comercial, os valores também superaram as expectativas. A média das novilhas prenhes foi de R$ 3,9 mil e dos bezerros de corte, R$ 1,87 mil por cabeça, perfazendo o valor de R$ 6,94 o quilo do bezerro vivo para um peso médio de 269 quilos. O responsável pelo evento, Lourenço Campo, da Central Leilões, disse que o “Mega dos Megas” foi um dos eventos de maior destaque de que ele se lembra. E que a condução dos negócios transcorreu com tranquilidade, pois, além do suporte da equipe Carpa, o leiloeiro rural tinha a segurança da procedência dos produtos. “Esse remate foi muito desafiador. Colocamos no mesmo ambiente diversos segmentos e vários interesses, mas conseguimos levar com sucesso o cronograma e vendemos tudo. Esse remate reforça a importância que a Carpa tem para a nossa pecuária. O trabalho do criatório é exemplar e de grande competência. Uma seleção de ‘tirar o chapéu’. Sorte de quem comprou e levou quase 50 anos de seleção em um pacotão tecnológico de alta genética. Em mais de 40 anos, nunca entrou um touro que não fosse PO no rebanho da Cibrapa. São 13 gerações de raça pura”, disse Lourenço.

Durante o evento, a Carpa recebeu o certificado e o troféu por outra grande conquista: o primeiro lugar na 11ª etapa do Circuito Nelore de Qualidade, realizado pela ACNB para o Programa de Qualidade Nelore Natural (PQNN), em Barra do Garças/MT, alguns dias antes do leilão. O concurso de carcaças reuniu 1.380 animais de oito criatórios da região do Vale do Araguaia. A Medalha de Ouro foi conferida a um grupo de fêmeas que atingiu média de 246,3 kg ou 16@ e 6kg, totalizando 22.664 kg. Todas as novilhas abatidas eram filhas de touros PO da Carpa com as vacas comerciais que compõem a base da pirâmide de uma genética selecionada e melhorada há quase meio século. Na avaliação, as carcaças apresentaram cobertura de gordura de 3 milímetros na maioria, padrão na qualidade da carne, sem hematomas e nem contusões, com rendimento de 53,02% para peso vivo médio de 464,5kg.

“Os resultados recentes do concurso e do leilão nos dão a certeza de estarmos no caminho certo para ter uma seleção condizente com as necessidades reais da pecuária de produção. A receptividade do mercado, com mais de uma centena de compradores, reforça esses conceitos e nos motiva a sempre melhorar nas questões de manejo, de bem-estar e da implantação de sistemas integrados para ter produtividade com sustentabilidade”, diz o criador Eduardo Biagi.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.