Central bate recorde de comercialização de sêmen em agosto

Central bate recorde de comercialização de sêmen em agosto

PARTILHAR
foto-aerea-da-alta-genetics-brasil
Foto: Divulgação

Alta Genetics bate recorde e comercializa 1 milhão de doses de sêmen em agosto; vendas de sêmen ao cliente final aumentaram 33% no primeiro semestre de 2020

A Alta, empresa de melhoramento genético bovino, divulgou seu mais novo recorde: a comercialização de 1 milhão de doses de sêmen no mês de agosto. Para o Diretor da Alta no Brasil, Heverardo de Carvalho, o resultado é um grande reconhecimento à qualidade dos produtos e serviços da Central. “Esta conquista consolida nossa liderança no mercado de genética brasileiro, refletindo os anos de trabalho e compromisso com o pecuarista, provando que estamos no caminho certo. Além disso, aproveito para ressaltar todo o esforço e a dedicação da nossa equipe, que é altamente qualificada e comprometida”, destaca.

Segundo dados da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia), as vendas de sêmen ao cliente final aumentaram 33% no primeiro semestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado. “O mercado de genética atualmente representa o bom momento da bovinocultura. No corte, tivemos um aumento de 47%, com preços recordes para o bezerro e bem elevados para o boi gordo. No mercado de leite não foi diferente, já que o segmento apresentou um crescimento de 10%, fruto do reconhecimento dos produtores pelos resultados obtidos pelo melhoramento genético nas fazendas leiteiras”, analisa Tiago Carrara, Gerente de Mercado da Alta. Referente à exportação, o material apresenta um crescimento de 20%. Ainda vale ressaltar que os dados de inseminação artificial foram coletados em mais de 3 mil municípios, o que corresponde a 70% dos municípios brasileiros.

Para Carrara, nos últimos anos, o pecuarista tem percebido a necessidade de investir em melhoramento genético. “O setor tem exigido animais (fêmeas e machos) precoces, terminados mais cedo no corte, ou com alta produção de leite, e isso tudo depende de uma série de valores, mas, principalmente, de uma boa genética”, diz. De acordo com ele, a expectativa para o segundo semestre é muito positiva, já que há uma maior concentração de venda nesse período devido à estação de monta de corte. “Já observamos em agosto, que mesmo diante à pandemia do Covid-19, a equipe renomada da Alta se mostrou mais uma vez forte e unida para conquistar esse recorde importante no setor”, finaliza. No ano de 2019, a companhia, pelo segundo ano consecutivo, superou a barreira histórica, sendo a primeira empresa a comercializar 6 milhões de doses em um ano.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com