Centro-este já experimenta arroba acima dos R$ 200

Centro-este já experimenta arroba acima dos R$ 200

PARTILHAR
Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Arroba do boi ganhou praticamente R$ 15 no Mato Grosso do Sul em pouco mais de uma semana; pecuaristas tem comentado em redes sociais sobre os preços

Valores da arroba acima de R$ 200 já viraram rotina em São Paulo, mas não tinham chegado em outras praças pelo país, agora, para a satisfação do pecuarista chegou! Pelos mesmos motivos da subida do boi em São Paulo, no Mato Grosso do Sul a @ se valoriza e os R$ 200,00 é praticamente média firme em várias regiões, mesmo que as consultorias ainda não tenham apontado decisivamente em seus balanços diários.

E encurtou o diferencial de base para São Paulo para a casa dos R$ 5,00, o que tira de vez qualquer possibilidade de as indústrias paulistas irem buscar boi no estado com o frete e o ICMS anulando a compra mais barata.

Fonte: PRO@

A oferta de boi acabado já veio menor antes de a entressafra ganhar terrenos, além de reduzido número de vacas, apesar de algumas chuvas esparsas especialmente no Sul do estado. E quem tem boi pronto tenta endurecer.

Cristiano Prata Rezende Filho, de Naviraí, vê negócios naquela faixa de preço e percebeu que o mercado mudou rápido e firme de patamar, acrescentando R$ 15,00. Segundo o aplicativo Agrobrazil, nesta manhã, já foram registrados várias negociações com o valor de R$ 200.

Fonte: Agrobrazil

“Recebi pelo boi comum em 8 junho R$ 185,00”, afirma o produtor, lembrando que algumas chuvas passadas deram uma sustentação aos pastos, mas os brotos sentem um pouco mais o frio desta época do ano no Sul do estado.

André Bartocci, produtor em Caarapó, recebeu duas ofertas de R$ 200,00 para embarque imediato nesta quarta (17), mas insistiu nos R$ 205,00 por 350 animais. Um deles é o Frigorífico Iguatemi e a outra oferta foi feita por um comprador intermediário, que pode ser para JBS ou Marfrig, diz o produtor.

Fonte: Agrobrazil

Mais para o Norte de Naviraí e Caarapó, em Aquidauana, no Centro-Oeste do Mato Grosso do Sul, Frederico Stella confirma que a alta da @ para os R$ 200,00 atuais, indicando tendência de mais ganhos. “Está firme mesmo”, diz o ex-presidente do Sindicato Rural da cidade e diretor da Famasul.

O preço base no Mato Grosso do Sul observado pela Agrifatto é de pouco de acima de R$ 195,00 livre de Funrural, enquanto o spot à vista da Scot está parelho, com exceção da média verificada em Três Lagoas, na fronteira com São Paulo, de R$ 192,00.

Com ajuda do Money Times

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com