Obrigado por se cadastrar nas Push Notifications!

Quais os assuntos do seu interesse?

Cientistas chineses realizam clonagem de bovinos ameaçados de extinção

Atualmente, o habitat original dessas raças abriga menos de 100 cabeças de gado, tornando a clonagem uma estratégia crucial para a preservação genética; confira

Cientistas da China alcançaram um marco notável na área da clonagem ao anunciar com sucesso a clonagem de bovinos de duas raças ameaçadas de extinção: Zhangmu e Apeijiaza. A notícia, divulgada pela agência estatal de notícias Xinhua, revela que este é o primeiro caso de clonagem bem-sucedida de gado de Xizang, uma região conhecida como Tibet.

O experimento resultou no nascimento de quatro bezerros machos de cada uma das raças no condado de Yunyang, município de Chongqing, localizado no sudoeste da China. Atualmente, o habitat original dessas raças abriga menos de 100 cabeças de gado, tornando a clonagem uma estratégia crucial para a preservação genética.

Originalmente encontrados no Tibet, as raças Zhangmu e Apeijiaza desempenham um papel vital na biodiversidade da região. O experimento chinês busca não apenas preservar essas raças ameaçadas, mas também contribuir para o desenvolvimento de variedades adaptadas ao ambiente hostil de alta altitude.

A clonagem de bovinos para a preservação do patrimônio genético não é uma novidade, e o Brasil, por exemplo, também esteve envolvido em um procedimento semelhante no ano passado. A Viatina FIV, considerada a vaca mais cara do mundo, foi alvo de uma iniciativa semelhante visando uma genética de alta produtividade de carne. No entanto, o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ), Gabriel Garcia Cid, alertou sobre os custos elevados e a falta de garantias associadas a esse tipo de procedimento.

Viatina-19 / Foto: Divulgação

Em comparação, a ovelha Dolly, o primeiro mamífero clonado em 1996 (anunciado publicamente em 1997), continua sendo objeto de estudos intensivos. Em 2016, cientistas da Universidade de Nottingham, na Inglaterra, revelaram que quatro ovelhas clonadas a partir do material genético de Dolly estavam envelhecendo de forma saudável, destacando os avanços na otimização do procedimento e na redução dos riscos associados à clonagem.

Dolly, o primeiro animal clonado a partir de uma célula adulta de outra ovelha – (crédito: The University of Edinburgh)

A clonagem de bovinos na China não apenas representa uma conquista científica significativa, mas também destaca a crescente importância da preservação genética em face da ameaça iminente de extinção de espécies valiosas. O desenvolvimento dessas técnicas avançadas pode ter implicações profundas na conservação da biodiversidade global e na adaptação de animais a ambientes desafiadores.

Escrito por Compre Rural.

VEJA TAMBÉM:

ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Juliana Freire sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira

Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Não é permitida a cópia integral do conteúdo acima. A reprodução parcial é autorizada apenas na forma de citação e com link para o conteúdo na íntegra. Plágio é crime de acordo com a Lei 9610/98.

Siga o Compre Rural no Google News e acompanhe nossos destaques.
LEIA TAMBÉM