Circuito Nelore de Qualidade chega ao Espírito Santo

Circuito Nelore de Qualidade chega ao Espírito Santo

PARTILHAR
circuito-nelore-qualidade-colatina-es-2020
Foto: Divulgação

Com uma população bovina estimada em 1,94 milhão de cabeças, os produtores do estado têm buscado ferramentas que elevem a produtividade

O município de Colatina (ES) irá sediar a 16ª etapa do Circuito Nelore de Qualidade programada para os dias 03 e 04 de setembro, onde cerca de 300 animais deverão ser avaliados na unidade do frigorífico Frisa, localizada no município. O Circuito Nelore é promovido pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), com o apoio da Associação Capixaba dos Criadores de Nelore (ACCN) e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

Com uma população bovina estimada em 1,94 milhão de cabeças, os produtores do Espírito Santo têm buscado ferramentas que elevem a produtividade, especialmente do rebanho de corte. Nesse sentido, o investimento em animais com genética superior vem crescendo a cada ano, como informa o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

“Temos em nosso estado uma área com mais de 1 milhão de hectares de pastagens, destinados especialmente para a pecuária de corte. E dentro do Circuito Nelore o produtor tem a chance de saber se a criação do gado no pasto vem trazendo o resultado que o mercado espera e ainda entender quais os pontos que precisa melhorar no dia a dia da fazenda”, destaca Carlos Tadeu Bastos da Rosa, presidente da ACCN.

Após Colatina, a próxima etapa do Circuito Nelore será realizada em Nova Andradina (MS), nos dias 09 e 10 de setembro.

Contatos para inscrições

Para participar do Circuito Nelore de Qualidade, os pecuaristas devem entrar em contato com a unidade do Frisa em Colatina pelo telefone (27) 3723-3200 ou (27) 99987-1533 e falar com Nilton. Qualquer pecuarista pode participar do Circuito Nelore com lotes a partir de 18 a 20 cabeças.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com