Congresso em Santa Catarina discute qualidade do leite brasileiro

Congresso em Santa Catarina discute qualidade do leite brasileiro

PARTILHAR
Foto: Divulgação

Evento científico mais relevante da área no Brasil e deve reunir mais de 300 trabalhos e resumos, com os resultados mais recentes de pesquisas sobre o tema.

Entre os dias 11 e 13 de setembro especialistas do Brasil e do mundo estarão reunidos em Santa Catarina para o 8º Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite. O evento acontece no Centro Serra Convention Center, em Lages (SC) e vai reunir representantes de todos os elos dessa cadeia produtiva, além de interessados em geral. Este é o evento científico mais relevante da área no Brasil e deve reunir mais de 300 trabalhos e resumos, com os resultados mais recentes de pesquisas sobre o tema. O Congresso é realizado pelo Conselho Brasileiro de Qualidade do Leite (CBQL), com apoio da Epagri e de outras instituições.

Na programação, discussões relevantes sobre esse alimento, como controle de resíduos tóxicos e qualidade em condições de estresse térmico, na produção orgânica e em condições de confinamento. O evento se propõe ainda a promover uma visão sobre a qualidade do leite na era 4.0 e debates sobre o futuro dos programas de qualidade do leite em função das novas normativas brasileiras. Também serão oferecidos minicursos sobre a utilização de métodos de identificação de agentes de mastite na propriedade e sobre programas de autocontrole nas indústrias de laticínios.

Palestrantes de importantes instituições mundiais vêm ao Estado debater a qualidade desse que é um dos alimentos mais importantes para os brasileiros. Lorraine Sordillo, doutora em imunologia pela Louisiana State University é uma delas. Ela é frequentemente solicitada para falar em reuniões nacionais e internacionais relacionadas à saúde do gado leiteiro e recebeu vário prêmios por sua pesquisa. O Departamento de Agricultura e Ciências Florestais da Universidade de Tuscia-Viterbo, na Itália, estará representado por Umberto Bernabucci, professor de fisiologia ambiental e nutrição de ruminantes. Ainda entre os palestrantes internacionais, destaque para Marcos Muñoz Domon, Ph.D. em Ciência Animal na Universidade de Cornell (EUA) e presidente do Comitê de Monitoramento de Leite de Qualidade daquele país.

A eles se juntam palestrantes de destacadas instituições de ensino e pesquisa do Brasil, como Mônica Maria Oliveira Pinho Cerqueira, Doutora em Ciência Animal pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), instituição na qual é professora titular. Ela é membro da Comissão Científica Consultiva em Tecnologia de Produtos de Origem Animal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Vice-presidente do CBQL. A Embrapa será representada por Maria Aparecida Vasconcelos Paiva Brito e Alessandro de Sá Guimarães. Também estarão presentes palestrantes da USP e da Udesc, entres outros.

Santa Catarina é o quarto produtor nacional de leite. De acordo com o Centro de Pesquisa para Agricultura Familiar (Epagri/Cepa), ao longo dos anos recentes, a produção catarinense cresceu de maneira muito mais significativa do que a da maioria dos estados. Segundo os dados mais recentes, o Oeste responde cerca de 80% da produção catarinense, seguido pelo Sul do Estado. Os dados da Epagri/Cepa mostram ainda um significativo crescimento da produtividade do rebanho leiteiro catarinense, o que explica a maior parte do crescimento de 103,1% da produção leiteira catarinense verificada entre 2006 e 2017.

Em 2018, nada menos de 24,5 bilhões de litros de leite chegaram à mesa dos brasileiros, seja na forma líquida ou em derivados.

Serviço

O que: 8º Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite
Quando: de 11 a 13 de setembro
Onde: no Centro Serra Convention Center, em Lages
Saiba mais sobre o evento: https://congresso.cbql.com.br/

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.