PARTILHAR

O mundo de possibilidades e a revolução que o cruzamento entre raças trouxe para a pecuária brasileira, você já vive nesse novo mundo lucrativo?

O cruzamento entre raças, prática que ganhou força a poucos anos, é um grande passo para uma pecuária mais lucrativa e, por esse fato, considero como sendo a “Revolução Industrial” da pecuária brasileira. Um marco na mudança da forma de produzir proteína animal.

Para entender melhor esse comparativo, a Revolução industrial foi um conjunto de mudanças que aconteceram na Europa nos séculos XVIII e XIX. A principal particularidade dessa revolução foi a substituição do trabalho artesanal pelo assalariado e com o uso das máquinas. Sendo assim, buscou com essas mudanças uma maior produção em menor tempo, garantindo maior lucratividade e qualidade dos produtos.

Assim é a pecuária, ou melhor, a nova pecuária. Deixamos de produzir um animal de 4 a 5 anos com uma carne sem qualidade e estamos, hoje, produzindo animais de 13 meses com uma carne que recebe classificação premium.

avatar

Thiago Pereira

Zootecnista

“Utilizar as novilha Angus x Nelore é a receita de sucesso imbatível!”

A escolha do Angus para inseminar as suas Nelore lhe dá a possibilidade de vender bezerros valorizados tanto no mercado interno quanto para o exterior, através de países que vêm buscando os machos jovens ½ sangue Angus com até 300 kg, pagando por vezes 40% acima do preço da arroba“, aponta Alexandre Zadra, especialista em melhoramento genético e um ícone para o cruzamento entre raças no Brasil.

Nos últimos dez anos, o animal cruzado preto teve uma supervalorização, sendo a categoria mais valorizada do mercado atualmente. Já o mercado de exportação de animais vivos, nos últimos anos, também está com foco no animal cruzado, principalmente preto. Estamos falando de um animal que é muito bom para a rentabilidade do pecuarista.

Em função do programa de qualidade da carne Angus, a fêmea F1, com até quatro dentes, é valorizada a preço de macho. E ela consegue atingir um peso e um acabamento de carcaça com quatro dentes, além de estar te deixando um produto no meio do caminho, tão bem valorizado (cria).

Quer saber o motivo da novilha precoce ser tão valoriza? Veja: Esqueça o boi castrado, novilha precoce é lucro certo!

Em conversa com o Ademir Ribeiro da Estância Espora de Prata, veterinário e consultor, ele enfatizou a grande importância de se ter um manejo adequado para que esses animais possam expressar o seu potencial genético. “Animais cruzados precisam ter uma nutrição de qualidade, ou seja, o pecuarista não pode achar que esse animal ficará a pasto sem uma suplementação. É preciso oferecer uma dieta no cocho para se ter um animal precoce“. Conheça o sistema de Castração ao nascimento: do bezerro ao boi de 17@ em 13 meses da Estância Espora de Prata.

O produtor que busca tecnologia para poder aumentar o seu lucro, com certeza, irá utilizar o cruzamento entre raças para poder alcançar maior margem de lucro dentro do seu sistema. O animal cruzado é valorizado e precisa ser suplementado, lembre-se disso!

Você já faz parte dessa revolução ou ainda está com medo de ser mais lucrativo?

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com