Galvão Bueno venderá fazenda para pagar dívida

PARTILHAR

Justiça bloqueia contas de Galvão Bueno por dívida milionária Empresa pertencente à família do narrador não pagou empréstimo; Fazenda pode ser usada para pagar dívida!

A Justiça de São Paulo bloqueou as contas bancárias de Galvão Bueno, de sua mulher, Desirée, e da filha, Letícia, por causa de um processo aberto pela empresa Lest Credit Fundo de Investimento contra a Virtual Promoções e Participações, empresa de propriedade da família do narrador.

Segundo Fábia Oliveira, do O Dia, a disputa judicial foi causada por um empréstimo de R$ 1,6 milhão feito à Virtual, em 2017, que deveria ter sido pago em 31 parcelas. Segundo a empresa de crédito, no entanto, o plano não foi honrado. O empreendimento de Galvão também não teria cumprido um acordo de quitação homologado judicialmente.

“Em razão da petição que noticiou o descumprimento do acordo, determinei a expedição de ordem de indisponibilidade de ativos financeiros”, afirmou o juiz na decisão.

De acordo com o UOL, a Justiça encontrou apenas R$ 1.401,17 nas contas de Galvão e R$ 90 mil nas de Desirée. A defesa da família pediu a suspensão da decisão, alegando que as quantias “são necessárias para o sustento da família” e de caráter salarial.

Venda da fazenda

Fontes próximas a família, que pediram para não serem divulgadas, informaram que Galvão Bueno pode sim abrir mão do seu patrimônio para poder quitar dívidas e voltar a ter acesso as suas contas bancárias. A propriedade do cantor já foi notícia aqui e chama atenção pelo luxo e esbanja riquezas, confira abaixo!

Conheça o império rural de Galvão Bueno, vídeos!

O narrador compartilha que a compra das terras sempre foi a realização de um sonho e conta que respeita muito as tradições gaúchas. A fazenda Bellavista, de propriedade do jornalista, está localizada na cidade de Candiota, no Rio Grande do Sul.

É nesta fazenda, de 108 hectares, que o jornalista comanda uma vinícola, a Bueno Wines — ele vive fazendo “propaganda” de seus vinhos em suas redes sociais. O local possui um grande luxo, como de costume, onde ele aproveita os momentos com a esposa, parentes e amigos.

Vinícola Bellavista

É na Campanha Gaúcha, em Candiota, no Rio Grande do Sul, que se encontra a concretização de quase 20 anos da paixão que o Galvão Bueno cultiva pelos vinhos.

Dessa paixão nasce um sonho e, em 2009, torna-se realidade com a Bellavista Estate, propriedade situada no ponto de encontro do perfeito terroir do Novo Mundo, uma região estratégica apelidada por Galvão Bueno como a Califórnia Brasileira”. Já são 17 vinícolas nesse novo terroir, em uma faixa de 200km que corre paralela à fronteira com o Uruguai. É nessa extensão que a Campanha Gaúcha se enquadra como uma das melhores produtoras de vinhos do Hemisfério Sul.

Criador e apaixonado pelo Cavalo Crioulo

Galvão passou a criar Cavalos em 2006, em parceira com seu grande amigo, Ivan Magalhães (falecido em janeiro de 2019). Desde 2017, ele já cria animais sob o afixo da sua própria cabanha, Bueno do Seixal.

Paixão pelo gado Angus

– Tenho paixão desde a infância pelo cavalo, que só aumentou quando subi no lombo de um crioulo pela primeira vez – confessa Galvão, antes adepto do quarto de milha e antigo praticante de hipismo, esporte que lhe rendeu um tombo e a herança de 18 parafusos e três placas que carrega no corpo.

Acostumado a leilões de gado angus, que também cria na região da campanha gaúcha, Galvão admite certa ansiedade. Não pelo resultado comercial do remate, se apressa a explicar, e sim pelas impressões que os colegas crioulistas terão do seu trabalho de seleção.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.