Manobra da JBS “derruba” preço da arroba, confira!

Manobra da JBS “derruba” preço da arroba, confira!

PARTILHAR
Foto: Confinamento Monte Alegre

Será verdade? Mais uma vez a JBS faz uma grande manobra para poder segurar o preço da arroba e “penaliza” os pecuaristas que investem em qualidade!

Antes de tudo, é preciso esclarecer que os frigoríficos já vem tentando de alguma forma, a quase duas semanas, derrubar os preços da arroba. Entretanto, a menor oferta de boi gordo no mercado está dando sustentação aos atuais preços. Por outro lado, o pecuarista tem desempenhado um excelente papel, buscando inovação e um animal com maior qualidade, ou seja, uma produção de carne com alto padrão.

O Protocolo Sinal Verde, lançado pela JBS – FRIBOI, tinha como objetivo valorizar a carne de excelência, fomentando uma cadeia produtiva a entregar um produto com maior qualidade na mesa do consumidor. Foi assim que o protocolo foi lançado e trouxe uma “revolução” na cadeia da carne. As bonificações poderiam chegar até R$ 11 por arroba!

Acabou! Agora o FAROL VERDE da Friboi ficou VERMELHO!

Diante disso, ao longo do tempo, os pecuarista investiram em animais de melhor genética, precocidade e acabamento de carcaça, visando um mercado que pagaria bonificações pela qualidade, assim como prometido pela Friboi com o Sinal Verde.

Infelizmente, hoje a notícia para os pecuaristas trouxe gigantesca surpresa, principalmente para os que investiram esperando as bonificações do Sinal Verde. A JBS comunicou via site, que o as bonificações estão suspensas em todas as unidades.

Uma grande manobra para poder segurar os preços da arroba, principalmente em um momento de grande demanda externa e menor oferta de animais prontos para abate. A indústria vem sofrendo para conseguir completar as suas escalas de abate e buscam uma pressão baixista no mercado.

Outro ponto que tem incomodado a industria está ligado a união dos pecuaristas. A era da tecnologia, da informação que circula de forma instantânea trouxe uma nova visão de mercado para o pecuarista. É preciso ressaltar que junto com essas informações, existem também a informação distorcida.

Muitos pecuaristas tem informado seus preços de negociações com os frigoríficos em grupos de whatsapp e também em aplicativos e plataformas de mercado, como CEPEA, GPB e outros. Essas informações acabaram trazendo uma maior pressão por parte da classe produtora, já que os pecuaristas não aceitam preços abaixo das referências informadas.

Segundo algumas fontes, um dos motivos do cancelamento do Sinal Verde é justamente esse ponto. A indústria tem percebido pecuaristas informando preços com bonificações, como se fossem o preço base da arroba, essa situação complicou o lado do frigorífico. Pecuaristas tem cobrado o mesmo valor para entregar os animais para abate, mas a indústria não consegue pagar o mesmo valor, já que nem todos os animais possuem Sinal Verde e, o valor informado, era com bonificação.

Depoimento de alguns pecuaristas

Então JBS , deu mais uma prova de parceria com o pecuarista. Tirando o farol verde bem na hora que vai começar a entrar os bois de cocho. Aqueles bois que ele pediu pra fazer acabamento para sermos parceiros.

Por essas e outras existe esse “mal estar” entre as pontas né ? As coisas devem ser combinadas e cumpridas por ambas as partes e não mudar a regra do jogo no meio né.

Como forma de evitar essa divergência, a JBS – Friboi, resolveu suspender o protocolo Sinal Verde. Sendo assim, o pecuarista que trabalha de forma correta, informando valores detalhados das negociações, vê a sua receita reduzir em até R$ 11 por arroba. Infelizmente, mais uma vez a indústria realiza uma manobra que, nesse momento, acaba impactando significativamente na margem de lucro do pecuarista.

A partir de agora, o Farol Verde só ficara valendo para o Protocolo 1953. Lembrando que a JBS – Friboi possui ainda outros programas, como:

  • Farol da qualidade;
  • Protocolo Sinal Verde – SUSPENSO!
  • Protocolo Nelore Natural;
  • Protocolo 1953 Friboi;
  • Boitel JBS;
  • Boi a Termo.

E agora pecuarista? O preço da arroba vai cair ou vai subir? A indústria vai pressionar ou ceder? Como ficará a relação com uma das maiores processadoras de carne do País? Os próximos dias irão ditar esse mercado e como cada agente da negociação irá se portar frente a tamanha “sacanagem”.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com