Não é a toa que o PIB começa com P, de Pecuária; Vídeo!

PARTILHAR
@vflbrasil

“Meus amigos me perguntam lá na escola quando crescer o que eu vou ser, eu falei que eu já sou formado na pecuária, ‘O menino da pecuária”; e você?

Com um rebanho de 187,55 milhões de cabeças, a pecuária brasileira registrou em 2020 um abate de 41,5 milhões de cabeças, queda de 4,2% em relação as 43,3 milhões de cabeças abatidas em 2019. Não é a toa que o PIB começa com “P” de pecuária, temos orgulho de bater no peito e mostrar a força desse rebanho!

Em 2020 o PIB do Brasil foi de R$ 7,4 trilhões, uma queda de 4,1% em relação ao ano anterior. Apesar dessa queda, o PIB da Pecuária no mesmo período aumentou sua representatividade no PIB total, passando de 8,4% para 10%, evidenciando a força do setor na economia brasileira.

Nesse mesmo período o Brasil registrou um aumento de 8% nas exportações de carne bovina, que passaram de 2,49 milhões TEC em 2019 para 2,69 milhões TEC em 2020. Do total de carne produzida, 73,93% ou 7,63 milhões TEC tiveram como destino o mercado interno, enquanto 26,07% foram destinadas às exportações, o equivalente a 2,69 milhões TEC. Do total exportado, houve um aumento de 9,8% no volume de carne in natura, que passou de 2,04 milhão TEC em 2018 para 2,24 milhões TEC.

Esse aumento se deveu não só ao número de países de destino, que passou de 154 para 157 países, mas também ao aumento do volume de carne destinada a mercados já consolidados, como a China, cujo volume exportado aumentou 127% entre 2019 e 2020.

Parte desse crescimento se deve ao faturamento total na pecuária, da ordem de R$ 178,24 bilhões no ano passado, um aumento de 40,3% em relação aos R$ 127 bilhões registrados em 2019. A produção de insumos e de serviços ligados à produção pecuária, que registrou ganhos de R$ 60,44 bilhões, um recuo de 18,7% em relação aos R$ 74,31 bilhões registrados em 2019.

Nesse mesmo período, a área de pastagens utilizada cresceu 0,2%, passando de 164,9 milhões de hectares para 165,2 milhões de hectares, com uma produtividade média de 4,2 @/ha/ano ou 65,5 kg de carcaça/ha/ano.

Uma dupla sertaneja, Léo & Raphael, eles estão ganhando a mídia com uma música super temática e que inspirou o título dessa matéria. A música tem o nome de “Os Menino da Pecuária”, fazendo uma demonstração da força que o setor tem, além de ser muito animada.

Confira abaixo o clipe oficial e a letra da música:

Letra oficial da Música:

Meus amigos me perguntam lá na escola quando crescer o que eu vou ser
Eu falei que eu já sou formado na pecuária
O menino da pecuáriaDe ponta a ponta o Brasil tem boiadeiro movimentando a parada
Não é a toa que o PIB começa com P, de pecuária
Eu não tenho carro importado mas a Hilux é do ano toda suja de barro
Calculo o valor que ‘tá o gado
Quantas Ferrai tem aqui neste pastoOs menino da pecuária, oh oh
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Mas usa chapéu de paia
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiroOs menino da pecuária, oh oh
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Mas usa chapéu de paia
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Os menino da pecuária, oh ohOs menino da pecuária, oh ohEu não tenho carro importado mas a Hilux é do ano toda suja de barro
Calculo o valor que ‘tá o gado
Quantas Ferrai tem aqui neste pastoOs menino da pecuária, oh oh
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Mas usa chapéu de paia
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiroOs menino da pecuária, oh oh
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Mas usa chapéu de paia
Não para
Senta que aqui nois tem dinheiro
Os menino da pecuária, oh ohFala comigo
A arroba trezentos conto
Uma carga de de boi de vinte boio gordo com vinte arroba, quando dá?
Senta que aqui nois tem dinheiro
Os menino da pecuária, oh oh
Uh uh

Confinamento e Boitel VFL BRASIL. Foto: Marcella Pereira

Para a analista da consultoria, a perspectiva é que o mercado de terras se sustente nesse ritmo ao menos no curto prazo. “Há muita procura e existem condições para ela continuar: o PIB (Produto Interno Bruto) agropecuário continua crescendo, os projetos logísticos avançam e há perspectivas de maiores aportes por parte de fundos de investimentos também.”

Tamanho do Rebanho Nacional

Até a edição de 2020, a quantidade de cabeças no rebanho brasileiro foi divulgada de acordo com a Pesquisa Pecuária Municipal, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O comportamento do mercado entre 2019 e 2021 comprovou a inviabilidade da presença de um rebanho acima de 215 milhões de cabeças em território brasileiro, situação que já era frequentemente discutida entre os técnicos especializados em pecuária.

A partir dos dados oficiais do Brasil e de diversos outros estudos conduzidos pela iniciativa privada, cada vez mais se aceita que o rebanho brasileiro esteja mais próximo dos 175 a 180 milhões de cabeças, oscilando até 190 milhões em alguns meses do ano.

Sendo assim, a partir desta edição, o rebanho brasileiro passa a ser apresentado de acordo com a seguinte metodologia sugerida pela Athenagro Consultoria.

Rebanho base censo para o ano de 2017, variando em cabeças por município a partir da Pesquisa Pecuária Municipal (IBGE) e, ainda, considerando 50% do total abatido no mercado fiscalizado (sistemas federal, estadual e municipal), obtido pela Pesquisa Pecuária Trimestral, também do IBGE.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com