Nelore: associação cria ação para valorizar a raça, participe!

Nelore: associação cria ação para valorizar a raça, participe!

PARTILHAR
touro da raca nelore
Foto: Rubens Ferreira / @fotodeboi

Entidade está convidando artistas e todos os apaixonados pela atividade e pela carne brasileira para enviarem vídeos sobre o tema. Veja como participar também!

A Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) deu início a uma ação de valorização da pecuária, da raça nelore, da carne bovina e do agronegócio brasileiro. A entidade está convidando artistas, personalidades do agro e de outras áreas, assim como a todos os apaixonados por pecuária e pela carne bovina, para gravarem depoimentos em prol da atividade.

“A pecuária é um dos maiores negócios do agro brasileiro. O Brasil tem 214 milhões de bovinos, produz mais de 9,5 milhões de toneladas de carne por ano e exportou mais de 1,85 milhão de toneladas de carne em 2019 – número que aumentou 14% no primeiro semestre deste ano. Em outras palavras, a atividade faz um excelente trabalho em prol da economia brasileira e da oferta de alimentos de qualidade para a população brasileira e mundial. São motivos mais do que justos para justificar depoimentos de pessoas reconhecidas e anônimas”, afirma o presidente da ACNB, Nabih Amin El Auoar.

Entres os depoimentos já enviados, estão os das duplas sertanejas Jads e Jadson, Bimbo e Jonas e Pedro Paulo e Alex. Diego, da dupla com Arnaldo, também já fez um vídeo para a ação.

“Esperamos que mais pessoas se motivem e enviem seus depoimentos. A pecuária, o nelore e o agronegócio brasileiro merecem”, diz o presidente da ACNB.

Qualquer pessoa pode enviar depoimentos para essa ação da ACNB. Basta gravar um vídeo de até 1 minuto, com a câmera na horizontal, e enviar para imprensa@nelore.org.br ou marcar @neloreoficial nas redes sociais.

Confira o vídeo enviado pela dupla Jads e Jadson:

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com