Núcleo Gabrielense reúne oferta de cinco criatórios para Remate das raças

Núcleo Gabrielense reúne oferta de cinco criatórios para Remate das raças

Fotos: Katega Vaz
Fotos: Katega Vaz

Com o recinto lotado, foram comercializados 65 animais, que alcançaram um faturamento total de R$ 362.550,00.

Os criatórios Pap Namür Paixão Suñé, Cabanha Palmeiras, Estância Cerro do Ouro, Estância Santa Adriana e Estância São Francisco se uniram na noite do dia 04, quarta-feira, ao Núcleo Gabrielense de Hereford e Braford na realização de mais um remate oficializado pela Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) nesta temporada de primavera.

Com o recinto lotado, foram comercializados 65 animais, que alcançaram um faturamento total de R$ 362.550,00.

Destaque para as boas médias alcançadas. As Vacas Braford com cria finalizaram a noite com R$ 2.850,00 de média geral, já as vacas Braford Prenha, R$ 2.362,50. Na raça Hereford, as Vacas com cria somaram R$ 2.355,00 de média geral, já as vacas Prenhas totalizaram R$ 2.287,50.

Entre os reprodutores Braford, os touros de 2 anos alcançaram a média expressiva de R$ 11.340,00 e os de 3 anos R$ 8.416,67. O animal mais valorizado foi o Touro Braford J483, da Estância Cerro do Ouro. Eleito o melhor rústico da Expofeira de São Gabriel em 2017, foi comercializado pelo valor de R$ 15.000,00.

“Animal muito bem avaliado pelo PampaPlus, carniceiro e moderno. Foi Reservado de Terneiro na última Nacional HB e apresenta um belo resultado tanto fenotipicamente, como genotipicamente”, comemorou Rita Mariza Brenner Teixeira Gonçalves, sócia-proprietária da Estância Cerro do Ouro, referência genética desde 1918.

Fotos: Katega Vaz
Fotos: Katega Vaz

Entre as fêmeas, destaque para o lote de vacas Braford com cria ao pé, que valeram R$ 2.900,00. “A raça Braford está em um momento muito bom. Não é moda e nem febre passageira. Firma-se pelas qualidades que possui”, afirmou Ricardo Borges, presidente do Núcleo Gabrielense de Hereford e Braford.

“Tivemos uma noite com ótima liquidez, levando em consideração o contexto atual do País. Importante salientar que o Núcleo reuniu parceiros e organizou um dia inteiro de programação focado nas raças. Tivemos julgamento, exposição ranqueada e finalizamos o dia com o remate”, completou.

O mercado consumidor se expandiu em 2017, saindo do eixo São Gabriel e atingindo novos mercados. Vários criadores de outros municípios como Bagé, Dom Pedrito, Caçapava, Candiota e Aceguá não só prestigiaram o remate, como também adquiriram animais.

Fotos: Katega Vaz
Fotos: Katega Vaz

“Isso é reflexo da qualidade do nosso produto e da nossa pós-venda”, salientou Matheus Suñe, vice-presidente do NGHB e sócio da Pap Namür Paixão Suñé. “Tem gente vindo de longe buscar o nosso touro. Teve procura, teve oferta. Num ano ruim como este, temos que manter a oferta e o cliente atendido mesmo que com um valor menor, conforme os novos padrões de preço do mercado”, sintetizou.

Por Tatiana Feldens – Fotos: Katega Vaz

Fonte: Ascom ABHB