Pecuária leiteira mundial perde seu maior patriarca em 2021

PARTILHAR
Touro Montross
Foto: Divulgação

MONTROSS é um daqueles touros raros extremamente produtivos que são produzidos praticamente uma voz só na vida; touro holandês produziu mais de 1 milhão de doses de sêmen

Pois é, este ano está sendo um ano de muitas perdas para a pecuária – Ano passado o touro da raça Holandesa MONTROSS conseguiu a proeza de poucos, atingir 1 milhão de doses de sêmen comercializadas no mundo todo, uma marca muito difícil de ser batida por outro animal. Mas como tudo e todos nesse vida, a Select Sites – unidade norte-americana – comunicou o falecimento de MONTROSS na data de hoje, 29 de julho de 2021.

Os únicos touros que conseguiram atingir a marca de 7HO12165 Bacon-Hill MONTROSS-ET (EX-92-GM) foram MOGUL e SUPERSIRE. Chegar a marca de 1 milhão de doses comercializadas só mostra a consistência e superioridade desse grande reprodutor.

Vindo de um grande rebanho em Schuylerville, Nova York, Montross conta com quase 30 mil filhas em sua prova, mostrando a grande influência que ele tem sobre os rebanhos americanos. “Montross e um touro extra-classe, todo rebanho deveria ter ao menos uma filha dele, elas são vacas funcionais com estatura moderada, fortes e com excelente sistema mamário. Além das vacas, Montross produziu também touros importantes como 7H13250 JEDI e 250H13267 DUKE, que circulam entre os principais touros da raça”, destaca Daniel Moreira, coordenador dos programas leite da Select Sires do Brasil.

Reprodutor globalizado – No mercado mundial, Montross sempre teve grande expressão e foi comercializado em mais de 30 países. Ele é extremamente popular na Itália, Espanha, Polônia, Japão e Coréia, bem como na América do Sul e do Norte. Mesmo com sua morte, Montross continuará produzindo e contribuindo com a raça fazendo excelentes vacas e realizando sonhos de muitos criadores ao redor do mundo.

No Brasil o reprodutor sempre fez grande sucesso entre os produtores de leite que trabalham com seleção e melhoramento genético de bovinos leiteiros. Especialmente aqui onde a raça Girolando foi criada e muito difundida, Montross é usado no cruzamento com Gir Leiteiro para gerar descendentes com grande aptidão leiteira.

touro holandes montross
Foto: Reprodução / Select Sires

O touro sempre figurou no topo do ranking leiteiro no índice TPI – O TPI avalia a combinação do mérito genético do animal para as características de produção, tipo (conformação) e funcionais em um só índice, que classifica os touros pela sua habilidade em transmitir um equilíbrio destas características. Ou seja, quanto maior for a classificação, melhor é o desempenho do animal.

Pecuária de corte – Se compararmos com touros de corte, o único que conseguiu atingir essa marca foi Backup, recordista de produção de sêmen mais de 1 milhão de doses produzidas e mais de 450 mil filhos nascidos. Sozinho, ele movimentou uma receita bruta de pelo menos R$ 25 milhões em venda de sêmen.

Veja outros campeões de venda de sêmen:

A Pecuária leiteira nunca esquecerá deste grande raçador.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.