Plataforma vai combater o desmatamento ilegal no MT

PARTILHAR
mapa para contar o desmatamento ilegal
Foto: Divulgação

Plataforma de Monitoramento da Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso, referência de solução no combate ao desmatamento ilegal

A SCCON Geospatial, empresa brasileira de Tecnologia do segmento Geoespacial, lança uma nova versão da plataforma de Monitoramento da Cobertura Vegetal utilizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso (SEMA-MT). A atualização do Dashboard possibilita, de forma fácil, acesso público aos alertas de desmatamento e demais mudanças na vegetação nativa, como exploração, degradação, incêndios e apropriação ilegal.

A ferramenta possibilita a análise de mapas, dados e gráficos sobre a situação das florestas nativas no Mato Grosso. O Sistema de Monitoramento da Cobertura Vegetal utiliza a tecnologia da constelação Planet Scope, com mais de 130 satélites que captam imagens de alta resolução espacial diariamente, possibilitando aos usuários acesso a informações mais precisas e atualizadas.

Acesso às informações

Segundo Iara Musse Felix, CEO da SCCON, o sistema de monitoramento geoespacial foi contratado em 2019, renovado em 2020 e tem contribuído significativamente, de forma operacional com as estratégias e ações de controle e fiscalização pelas equipes técnicas e de gestão da SEMA e demais instituições do Estado que, em conjunto com a SEMA, tem feito a diferença para os resultados referentes ao combate do desmatamento ilegal do estado de Mato Grosso. Agora, com as alterações realizadas, o novo dashboard está mais intuitivo, além de trazer as funções auxiliares que permitem aos usuários uma análise quantitativa e qualitativa semanal sobre a situação das áreas monitoradas. Um ponto de destaque é a transparência que o monitoramento proporciona, já que qualquer pessoa pode entrar no portal e ter acesso aos dados, aproximando os cidadãos das ações em relação à conservação ambiental pelo Estado de Mato Grosso”.

Com a plataforma, os alertas de mudanças de todo o território mato-grossense, que abrange um total de 903 mil km², são processados e disponibilizados no Dashboard Web. E, por meio dos filtros disponíveis é possível verificar as mudanças na vegetação em diferentes áreas, além de permitir que o usuário defina intervalos de tempo específicos para as análises.

Identificação de queimadas e desmatamentos

Os usuários, ainda, podem identificar as interferências captadas pelas imagens de satélites, de acordo com tipo de remoção como corte raso, degradação ou cicatriz de queimada. A consulta aos alertas no dashboard também pode ser combinada com os dados do Cadastro Ambiental Rural de Mato Grosso (CAR-MT), permitindo a identificação das propriedades rurais onde estão localizados os alertas, bem como analisar a dinâmica da propriedade rural com as imagens Planet disponíveis.

Histórico da Plataforma

A SEMA-MT já conta com a Plataforma SCCON de monitoramento da cobertura vegetal e de geração de alertas desde 2019, a ferramenta foi contratada pelo Programa REM, por meio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO), com recursos da Alemanha e Reino Unido.

A implantação da plataforma SCCON melhorou a capacidade analítica dos gestores do Sema, otimizando os processos de monitoramento, fiscalização, controle e gestão do combate direto ao desmatamento ilegal. Prova disso, é a redução significativa do aumento da taxa de desmatamento do Estado após a implantação do projeto, que caiu de 14,2%, entre o período 2018-2019, para 3,8%, entre os anos 2019-2020, conforme dados oficiais do PRODES 2021.

Figura 1. Tela do Dashboard contendo os clusters dos alertas de desmatamento ocorridos entre 04/01 e 03/02/2021.
Figura 2. Tela do Dashboard com mapa de calor de alertas (maior pressão de desmatamento) entre 04/01 e 03/02/2021
Figura 2. Tela do Dashboard com mapa de calor de alertas (maior pressão de desmatamento) entre 04/01 e 03/02/2021
Figura 3. Tela do Dashboard com gráficos e informações gerenciais referente aos desmatamentos ocorridos entre 04/01 e 03/02/2021
Figura 3. Tela do Dashboard com gráficos e informações gerenciais referente aos desmatamentos ocorridos entre 04/01 e 03/02/2021
Figura 4. Visualização da imagem de antes e depois de uma ocorrência de remoção da vegetação nativa.
Figura 4. Visualização da imagem de antes e depois de uma ocorrência de remoção da vegetação nativa.
Sobre a SCCON Geospatial

A SCCON é uma empresa brasileira de Tecnologia do Segmento Geoespacial. O objetivo da SCCON é fornecer serviços e soluções que criem impacto positivo para os processos, para os resultados e decisões de seus clientes e para a sociedade. Este impacto positivo é proporcionado a partir da entrega ágil de informações geoespaciais mais precisas, mais atualizadas, utilizando-se de processos automatizados, aumentando a eficiência, a produtividade e a redução de custos de forma sustentável.

A empresa conta com uma equipe especializada e utiliza tecnologias, analytics, processos e metodologias inovadoras para gerar informações mais precisas e atualizadas sobre as mudanças que ocorrem no espaço e no tempo, utilizando monitoramento diário com imagens de satélite Planet de alta resolução cobrindo todo o Brasil.

A SCCON participa ativamente dos mais importantes e inovadores projetos do País relacionados às tecnologias de sensoriamento remoto aplicados à detecção de mudanças e gestão de informações geoespaciais.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com