Quais raças de gado de corte são mais indicadas?

Quais raças de gado de corte são mais indicadas?

PARTILHAR
Foto Divulgação.

Quais as raças de gado de corte mais indicadas? Guia do pecuarista iniciante, produzido pela Coimma, traz informações interessantes sobre a pecuária de corte. Confira!

Apesar da pecuária de corte ser uma das principais atividades econômicas do país, começar a empreender na área pode significar independência financeira, mas também desafios. Para enveredar nesse mercado é necessário que o pecuarista iniciante se informe e busque compreender as características de cada raça, a fim de garantir que faça o investimento correto para alcançar resultados lucrativos.  

Desta forma, neste artigo você encontrará algumas dicas para iniciar a criação do seu rebanho e ainda descobrirá quais as raças de gado de corte mais indicadas, diante de tantas opções disponíveis.  

Se você é um pecuarista iniciante, este artigo vai ajudá-lo a dar os primeiros passos rumo ao sucesso. E se você já é veterano, lembre-se de que sempre há coisas novas a aprender. Por isso, continue a leitura e confira! 

Raças de gado de corte mais indicadas 

No Brasil, existem diversas raças de gado de corte que são predominantes, diversidade essa que contribuiu significativamente para o crescimento da atividade no país.  

No entanto podemos dizer que 7 delas são as que melhores se adaptam às necessidades do produtor de corte. São elas: Angus, Brahman, Brangus, Hereford, Nelore, Senepol e Tabapuã. Falaremos sobre cada uma delas mais à frente. 

A escolha da raça certa é, sem dúvidas, fator determinante para uma criação de corte bem sucedida. Isso porque cada raça possui características específicas que interferem diretamente na qualidade e suculência da carne, assim como no desempenho do animal.  

Uma boa maneira de começar é buscar no mercado criações com referência, e contar com a opinião de um veterinário da sua confiança para garantir a integridade, saúde e qualidade do bovino escolhido.  

É essencial que você se atente à saúde e bem-estar da matriz, pois animais doentes podem gerar um rebanho de baixo desempenho, magro e de pouco valor.  

Características das raças de Gado de Corte 

 Abaixo você confere as características de cada uma das 7 raças de gado de corte mais indicadas para se investir. Confira: 

Angus 

 O Angus é uma raça de origem europeia e é bastante reconhecida no Brasil pela excelência da carne produzida que agrada tanto o mercado interno quanto o externo.  

A composição da sua carne se configura com 3mm a 6mm de gordura uniformemente distribuída nos tecidos e músculos e marmorização, características que conferem a qualidade do saber da maciez.  

Além disso, as principais vantagens para a criação da raça é a alta fertilidade e precocidade, pois os animais atingem a puberdade e o estado de abate mais cedo. Outro ponto forte é a alta resistência a enfermidades e carrapatos, e adapta-se ao ambiente em que está sendo criado. 

Brahman 

 O Brahman começou no Brasil em 1994, quando chegou dos Estados Unidos a primeira importação. É uma raça resultante do cruzamento entre as principais raças zebuínas e considerada de tamanho intermediário entre as raças de corte. Os touros pesam entre 720 a 990 quilos, e as vacas de 450 a 630 quilos, em média. Os bezerros são pequenos no nascimento, 30 a 40 quilos, mas crescem rapidamente. 

Entre suas principais características estão a resistência a insetos, em razão da sua cor clara e pelagem curta e grossa; facilidade de parto; resistência a doenças devido a capacidade de tolerar altas e baixas temperaturas; e seu desempenho reprodutivo, marcado pela capacidade de se reproduzir regularmente. 

Além disso, a raça é muito usada no país para a realização de cruzamento industrial com as diversas raças existentes e tem mostrado eficiente.  

Brangus 

 A raça Brangus é resultado do cruzamento entre o Angus e o Zebu. Seus pontos fortes característicos são a habilidade materna, precocidade sexual, excelente marmorização e fácil adaptação. É muito utilizado nos confinamentos devido ao seu elevado ganho de peso capaz de se destacar em sistemas produtivos mais extensivos ou intensivos. 

Hereford 

 Raça de origem inglesa, O Hereford foi introduzido no Brasil pelos vizinhos Uruguai e Argentina e é sinônimo de produção de carne de alta qualidade e maciez, tanto a pasto quanto em regime de confinamento  

Tem como principais características a fertilidade, rusticidade, eficiência alimentar, longevidade e adaptabilidade. 

As fêmeas apresentam grande fertilidade e habilidade materna. Têm aptidão para alta longevidade produtiva dentro dos rebanhos. 

Os novilhos apresentam rápida terminação e as carcaças possuem bom rendimento, acabamento e deposição de gordura. A carne é saborosa, tenra, sem exagero de gordura. Os reprodutores Hereford são vigorosos, com alta libido e grande fertilidade, permanecendo produtivos no rebanho por vários anos. 

Nelore 

 Com origem indiana, o nelore é a raça de bovinos de corte corresponde a 80% do rebanho brasileiro. Isso porque suas características fisiológicas fizeram com que se adaptasse muito bem às condições tropicais brasileiras, tornando–se uma opção para a produção de carne nas diferentes condições a que é submetido. 

Apresenta resistência natural a parasitas, devido às características de seus pelos, é muito resistente ao calor devido à sua superfície corporal ser maior em relação ao corpo e por possuir maior número de glândulas sudoríparas.  Os machos e as fêmeas apresentam elevada longevidade reprodutiva. 

A carne Nelore tem como principais características o alto teor de sabor e o baixo teor de gordura de marmoreio. Sua precocidade de terminação garante nas carcaças distribuição homogênea da cobertura de gordura, o que evita que, durante o resfriamento, ocorra o encurtamento das fibras pelo frio. A padronização das carcaças Nelore otimiza a estrutura industrial e agrega valor aos cortes. 

Confira:  Nelore Myo: o que esperar dessa nova raça desenvolvida por cientistas brasileiros?  

Tabapuã 

 Conhecida como “zebu brasilieiro”, o Tabapuã surgiu da mistura de cruzamento de zebuínos, Nelore, Gir e Guzerá. Trata-se de uma raça nacional que também é criada em outros países da América do Sul.  

Entre as principais características da raça estão à docilidade, precocidade e fácil fertilização.  Seja no pasto ou em confinamento, os animais têm bom ganho de peso e demonstram acabamento de carcaça exemplar.  

Senepol 

 O Senepol é de origem africana, mas ganhou espaço na pecuária nacional. Rústica, produtiva e fértil, a raça se tornou uma opção para o cruzamento industrial. 

Possui um crescimento rápido, resultando em um ciclo de engorda bastante curto. Apresenta como característica alta capacidade de transformar o pasto em carne, deixando o animal pronto pro abate mais rapidamente. Seu pelo curto permite aguentar altas temperaturas; tem boa aptidão a campo e se mantém saudável se alimentando de pastagem; seu comportamento dócil facilita o manejo dos animais e aufere boa habilidade materna;  

Leia também:  Quais as melhores raças para pecuária de corte 

Como criar gado de corte? 

  Agora que você já se familiarizou com as raças mais indicadas para gado de corte, é importante que fique atento a uma série de fatores que vão influenciar para que alcance resultados com a atividade. Por isso, listamos os principais passos a serem dados para que você possa iniciar a sua criação, confira:  

  • Dentre as raças mais indicadas encontre aquela que atenderá suas expectativas e que seja adequada à região e a realidade da sua propriedade;  
  • Para conquistar o máximo de produtividade com o seu rebanho invista em melhoramento genético; 
  • Estude e conheça a fundo todas as fases de criação do bovino – cria, recria, engorda;  
  • Dê a devida importância ao manejo nutricional;  
  • Garanta que suas instalações serão adequadas às necessidades da atividade;  
  • Faça a gestão eficiente do seu rebanho; 
  • Invista para tornar sua fazenda lucrativa. 

 Lembre-se de que para obter sucesso na pecuária de corte é necessário produzir carne de qualidade, e isso dependerá inteiramente da forma como será feita a criação do rebanho. Por isso investir na estrutura, lançar mão de soluções tecnológicas e proporcionar condições para o bem-estar animal são condições básicas para se diferenciar dos concorrentes diante de um mercado extremamente competitivo e qualificado.  

Fonte: Coimma

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com