Raça Crioula registra crescimento nos negócios em leilões

Raça Crioula registra crescimento nos negócios em leilões

PARTILHAR
cavalo crioulo
Foto: JG Martini/Divulgação

Remates realizados a partir de julho tiveram preços valorizados apesar das restrições impostas pela pandemia de Coronavírus

O mercado do Cavalo Crioulo está surpreendendo positivamente nos últimos meses. A partir de julho ocorreu uma recuperação muito consistente tanto em machos como em fêmeas em relação à situação do início da pandemia de Coronavírus. Nos últimos 45 dias, em especial, alguns animais alcançaram preços bem diferenciados em leilões, atingindo valores que ficaram entre R$ 250 mil e R$ 500 mil.

O leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, afirma que a situação está melhorando. “O nosso sentimento é de que, como o resto da economia, o cavalo Crioulo deve voltar a um patamar melhor do que estava antes da pandemia”, observou.

Silva disse estar otimista para os próximos remates já marcados como o JA & + 1, o da Cabanha Infinito e o da GAP. “Estamos muito entusiasmados porque neste período houve um incremento nos negócios na raça Crioula e nos leilões de mais qualidade”, destacou.

A Trajano Silva Remates será a responsável pela batida do martelo no leilão JA & + 1 que ocorre no próximo dia 25 de outubro e irá ofertar 45 lotes da raça Crioula, assim como no remate da Cabanha Infinito que será no dia 26 de outubro com a oferta de 24 lotes. O leilão da GAP com oferta de Cavalo Crioulo também estará a cargo da leiloeira no dia 9 de novembro.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.