Recompensa: Produtor pede informação de gado roubado

Recompensa: Produtor pede informação de gado roubado

PARTILHAR
Foto Divulgação.

O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira, o prejuízo ultrapassa os R$ 120 mil reais! Produtor pede informação e polícia apura o caso. Veja!

A onda de violência cresce de forma incontrolável na zona rural em todo o país. Infelizmente, diante dessa pandemia e do isolamento social, parece que os crimes ganharam maior proporção. Além disso, os atuais valores praticados pela arroba, fazem com que o gado se torne alvo das quadrilhas que se aproveitam da oportunidade. Pecuarista teve seu rebanho furtado e pede ajuda com informações para ajudar a polícia a solucionar o caso!

A Polícia Militar apura o furto de 41 cabeças de gado na madrugada desta segunda-feira (05) numa propriedade rural localizada na região do Cruzeiro, zona rural do município de Ubaitaba. 

Segundo informou à Polícia Militar, os bandidos provavelmente utilizaram um caminhão para fazer o translado dos animais. Já que os animais se encontravam a pasto.

O que ocorre muitas das vezes é que, um caminhão com alguns cavalos, chega primeiro e reúne o gado, enquanto outro chega para fazer os embarque dos animais. Outra situação que tem ocorrido bastante, é a utilização de drones que sobrevoam antes a propriedade, identificando os pontos onde estão os animais e a melhor rota de fuga.

O ubatense, produtor que não teve o nome revelado, registrou um boletim de ocorrência na manhã desta segunda na Delegacia Territorial de Ubaitaba. Juntamente com a Polícia, ele pede ajuda dos companheiros de lida sobre qualquer informação que obtenham sobre o gado.

Segundo os valores atuais de mercado, a valorização dos animais tem sido grande nos últimos dias, com isso, o valor aproximado do prejuízo chegaria a quase R$ 120 mil. Infelizmente é uma tristeza ver que os governantes não tomam atitudes que visem coibir tal situação.

A Polícia Civil apura o caso e qualquer informação obtida deve ser repassada a eles. Vamos nos unir contra esses bandidos e coibir tal situação!

Outro caso: Quadrilha presa por roubo de gado furtou 2 mil animais

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira (20) prendeu 20 pessoas envolvidas em crimes de roubos, furtos e receptação de gado em propriedades rurais da região metropolitana e interior do estado.

De acordo com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá, a operação denominada ‘Mahyas’ suspendeu atividades comerciais em açougues que vendem carnes de animais de abatedouros clandestinos.

Conforme os levantamentos, a atuação da organização criminosa já causou prejuízo de mais de R$ 3 milhões para as vítimas.Foram mais de 2 mil animais furtados.

Os mandados referentes a crimes de organização criminosa, roubo majorado e furto qualificado são cumpridos nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento, Acorizal, Jangada, Barra do Bugres e Nova Mutum.

Entre os alvos está um policial militar da ativa. O cumprimento da ordem judicial contra ele é acompanhado pela Corregedoria da Polícia Militar.

A Corregedoria Geral da Polícia Militar informou que acompanhou a Polícia Civil no cumprimento do mandado de prisão preventiva em desfavor do policial militar em questão.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com