Vereador é investigado por roubo de gado

Vereador é investigado por roubo de gado

PARTILHAR
roubo de gado 3
Foto: Jornal Folha do Sul

Vereador de cidade do interior do Rio Grande do Sul é investigado por abigeato, 13 bovinos estavam em áreas irregulares de assentamento.

Na manhã desta quarta-feira (19), a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé, com apoio da Delegacia de Polícia de Candiota e de fiscais agropecuários da Secretaria Estadual de Agricultura, realizou uma ação no assentamento Santo Antônio, interior do município de Hulha Negra, município que fica 30km de Bagé.

De acordo com nota enviada para a imprensa, as diligências foram após a Decrab ter recebido uma informação de que um vereador do município, que não seria o mesmo que já está sendo investigado por abigeato, teria alguns animais bovinos sem procedência em uma área do Instituto Nacional de Colonização da Reforma Agrária (Incra) – que havia adquirido de forma irregular.

No local, os policiais apreenderam 13 animais bovinos sem procedência: um terneiro, um novilho e 11 vacas. De acordo com a polícia, foi constatado que o parlamentar investigado não possuía registro de produtor rural junto à Secretaria Estadual de Agricultura e os animais realmente estavam em áreas adquiridas de forma irregular.

Com isso, três pessoas foram conduzidas até a Delegacia de Polícia de Bagé. Em depoimento, o investigado no caso disse não saber informar de quem comprou os animais. A Decrab irá continuar investigando a real origem dos bovinos e, informou ainda, que a cópia do Inquérito Policial (IP) será remetida à Polícia Federal para que seja apurada a venda irregular de áreas da União. Utilizando o mesmo critério, a Polícia Civil não divulgou a identidade do segundo vereador envolvido.

Delegacia especializada em abigeato

Inaugurada em 2018 a unidade, sediada em Bagé, na região da Campanha, é a primeira Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) do Rio Grande do Sul. Criadas por decreto, assinado pelo governador em 31 de agosto de 2017, as Decrabs fazem parte de um esforço da Segurança Pública estadual em especializar as rotinas de investigação, visando a diminuição dos indicadores de criminalidade – a exemplo do que vem sendo realizado com as delegacias especializadas em crime de lavagem de dinheiro.

Adaptado da Tribuna do Pampa

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.