Animais mais caros de 2019, confira!

Animais mais caros de 2019, confira!

PARTILHAR
Jamaya da Di Gênio, um dos destaques do ano na raça Nelore (Foto: Divulgação)

Relembre alguns dos animais mais caros dos leilões de 2019; Ano teve exemplares por preços superiores a R$ 1 milhão e jogador de futebol investindo em touro de elite!

O ano de 2019 foi positivo para os leilões na pecuária brasileira. Criadores de animais de produção e de elite ajudaram a promover mais um ciclo de liquidez nos remates de diversas raças, com novos recordes e alguns animais superando a marca de R$ 1 milhão.

Na raça Nelore, a vaca Jamaya da Di Genio foi um dos destaques do ano. Durante o Encontro Vila Real, em Brotas (SP), no final de outubro, um condomínio formado pelos criadores João Aguiar e Hélio Propheta arremataram o animal por R$ 1,95 milhão. A oferta era de 50% do animal, mas os dois exerceram a opção de compra e levaram os outros 50%.

Na raça Angus, outra fêmea recordista de preço. No 1º Leilão São Marco, em 15 de junho, em Itapeva (SP), a Novilha Cayenne TESM024 Wide de São Marco, teve cota de 50% vendida por R$ 240 mil, o maior preço já pago por uma fêmea da raça no Brasil.

Na ocasião, o comprador, Eduardo Schuch, disse que o investimento se justificava pela raridade do exemplar. “É uma campeã. Acredito que é a melhor matriz que temos hoje no Brasil”.

Entre os machos da raça Angus, 2019 teve um novo recordista. MR Gar First Light 279, da VPJ Agropecuária, teve uma cota de 50% vendida por R$ 150 mil no 22º VPJ Genética, promovido pelo criador Valdomiro Poliselli Junior.

O comprador foi o ex-jogador do São Paulo e da Seleção Brasileira Luis Fabiano. O segundo animal mais caro no mesmo leilão foi o touro VPJ Bonnus Decision FIV 1006 que teve cota de 50% vendida por R$ 135 mil no leilão 22º Leilão VPJ Genética.

MR Gar First Light 279 em exposição no leilão da VPJ. Animal foi o mais caro do evento e teve cota de 50% arrematada pelo jogador Luis Fabiano (Foto: Carolina Jardine)

Entre os Hereford e Braford, os animais mais caros dos leilões deste ano foram: Dom Vitor 653 TOYOTA (Hereford), com cota de 50% saindo por R$ 16.000,00 e o King da Bela Vista da raça Braford, também com a cota de 50% saindo por R$ 59,2 mil. As informações são da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) em 2019.

Equinos

Indiana Fly Chick. Recordista de preço no Potro do Futuro, da ABQM (Foto: Maurício Messias/ABQM)

Entre os equinos, um dos destaques de 2019 foi a égua Indiana Fly Chick, da raça Quarto de Milha, vendida por R$ 450 mil no 40º Potro do Futuro, evento da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), em outubro.

De acordo com dados da ABQM, apurados até 7 de dezembro os 243 leilões de quarto de milha realizados totalizaram R$ 311,38 milhões, faturamento 21% maior que o registrado no ano anterior.

Desse total, R$ 1,2 milhão foram pagos pela matriz Sugarplum Gun, no remate Ubere Ranch, em julho, mais de 20% do faturamento total do leilão, de R$ 5,9 milhões.

Sugarplum Gun, vendida por R$ 1,2 milhão em leilão de quarto de milha neste ano (Foto: ABQM)

Teve égua milionária também na raça crioula. No remate da Crioulos JA e Cabanha Mais Um, em São Lourenço do Sul, Rio Grande do Sul (RS), JA Capitu foi arrematada por R$ 1,075 milhão, no Rio Grande do Sul, no dia 27 de outubro.

O animal entrou para um seleto grupo que exemplares da raça que ultrapassaram R$ 1 milhão. Além delas, apenas as éguas Butiá Luiza, BT Doriana, Firmeza 1211 e Basca Una Piedra alcançaram essas cifras.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com