PARTILHAR

Tecnologia permite que pecuarista tenha acesso em tempo real, em seu celular, o ganho de peso de cada animal da boiada no pasto.

A tecnologia chegou pecuarista! O mundo mudou, não podemos negar que precisamos dela para desenvolver ainda mais o negócio pecuário. As altas demandas de carne que o mundo vem oferecendo nos últimos tempos nos mostram que seremos sim, o maior produtor de carne do mundo. Paralelo à alta demanda, estão as margens de lucratividade cada vez mais estreitas, para obtê-la devemos optimizar a produção.

Vejo, com certo saudosismo, alguns pecuaristas mais antigos dizer que entre as décadas de 60 e 90 a pecuária tinha margens absolutamente maiores que hoje. Obviamente, o cenário era outro, épocas de hiperinflação. Há dados que mostram que se o preço da arroba do boi gordo fosse corrigida pelo CDI, ao invés do IGP-M, o valor de setembro de 1997, em 2019, valeria R$ 456,70. Consegue imaginar, nos dias de hoje, uma arroba de quase quinhentos reais?

Bom, tendo isso em mente, saber quais os animais estão roubando seu rendimento é essencial. Para isso é necessário que o animal seja pesado mais vezes durante seu desenvolvimento, já falamos aqui sobre a essencialidade da balança na fazenda. Entendendo que o pecuarista não pode ficar levando a boiada todos os dias para o curral, tínhamos que pensar em uma outra solução, é aí que entra a tecnologia.

Por isso a COIMMA, criou o Balpass, uma balança de passagem que foi desenvolvida em parceria com a Embrapa para ficar no local de acesso ao bebedouro (pilheta) ou cocho de mineralização, para que o animal possa passar todos os dias, várias vezes.

O tempo real das informações é garantido pela tecnologia. Isso porque todas os dados coletadas durante a pesagem automática do gado são enviadas para a nuvem, permitindo que sejam acessadas de qualquer lugar para que o produtor possa tomar decisões mais assertivas e sem que o animal precise passar pelo estresse de ser levado até o curral.

Com dados reais e importantes na palma da mão, o pecuarista passa a ter controle rigoroso da performance e da saúde do rebanho, da operação, da fazenda e ainda fica fácil eliminar desperdícios de recursos naturais e de alimento dos animais.

Confira todos os detalhes da Balpass

Fomos até Dracena, SP, para conferir o avanço da tecnologia. Conversamos com o Paulo Dancieri Filho, CEO da empresa.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Fundador e editor do Compre Rural, pós graduado em Consultoria Web, especialista SEO e aspirante a produtor rural.