Brasil deve “plantar um Paraguai” na próxima safra

Brasil deve “plantar um Paraguai” na próxima safra

PARTILHAR
Foto: Michel Gemniczak

Brasil pode plantar área recorde de soja acima de 38 milhões ha na nova safra 2020/2021, diz StoneX; plantio deve começar em meados de setembro

O cenário para o produtor de soja do Brasil deve continuar positivo na nova temporada 2020/21, e o país pode plantar uma área recorde acima de 38 milhões de hectares, estimou nesta quinta-feira a analista Ana Luiza Lodi, da consultoria StoneX. Essa área convertida em km² daria aproximadamente o tamanho do Paraguai (406.752km²).

Na safra 2019/20, o Brasil semeou cerca de 37 milhões de hectares, segundo dados oficiais, o que proporcionou uma colheita recorde de 120,9 milhões de toneladas, apesar de problemas climáticos no Rio Grande do Sul.

O plantio da nova temporada deve começar em meados de setembro.

Segundo ela, após fortes exportações brasileiras na temporada 2019/20, os estoques estão relativamente baixos, devendo favorecer até mesmo aumento de importações de soja de países do Mercosul nos próximos meses.

A StoneX revisou recentemente para cima suas previsões de importações de soja pelo Brasil, maior produtor e exportador mundial, para 500 mil toneladas em 2019/20.

“Podemos continuar vendo volumes maiores na importação. A oferta realmente está restrita, mantendo os preços fortalecidos”, disse a analista, apontando para o cenário favorável ao desenvolvimento da nova safra.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com