PARTILHAR

Touro Conde Pró Milk estava em testes de progênie e seu resultado sairia em 20 dias, animal fazia parte da nova geração de touros da raça Gir Leiteiro.

O criador Celso Luis Miziara Diniz comunicou através de suas redes sociais que o touro Gir Leiteiro, Conde Pró Milk, faleceu na Central de Inseminação ABS Pecplan, o animal sofreu um acidente em seu piquete e acabou falecendo. O touro estava em testes e teria seu resultado apresentado daqui 20 dias, o criador está consternado pois o touro era uma grande promessa do melhoramento genético da raça. Por estar em testes, o animal não tem doses de sêmen disponíveis no mercado para compra.

Pedigree do animal tinha muita produção e qualidade de úbere, sua mãe a C.A Fartura possui lactação de 9991 kg de leite e valor genético de 1900 kg de leite. O criador alerta para a importância de fazer seguro para animais de alto valor genético.

touro-girl-leiteiro-conde-pro-milk
Foto: Divulgação

Pai do Conde: Modelo TE de Brasília

Conde era filho de Modelo TE de Brasília, um dos touros mais consagrados da raça no país, recordista mundial de produção de leite, com lactação de 8.753 Kg de leite, pai também da vaca Setiba de Brasília, Grande Campeã Torneio Leiteiro Megaleite 2007 com 46,09kg/dia e atual Recordista Mundial de Produção.

Outra grande vantagem do animal era seu teste positivo para a proteína Beta Caseína: A2A2. Uma pesquisa científica mostrou que, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, é possível beber leite sem sentir nenhum desconforto digestivo como náuseas, dor de estômago ou inchaço abdominal.

Segundo o estudo, leite e produtos lácteos derivados de vacas com gene A2A2 estão livres da beta-caseína A1, responsável por esses sintomas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.