Fazenda aumenta em 20kg peso dos bezerros à desmama

Fazenda aumenta em 20kg peso dos bezerros à desmama

PARTILHAR
Foto: JP Agronegócio

Em nove anos, JP Agronegócios aumenta em 20kg peso dos bezerros Montana à desmama; 80% das fêmeas da propriedade emprenham aos 14 meses

A precocidade sexual dos bovinos é um objetivo constante da pecuária brasileira. Em Três Lagoas (MS), a JP Agronegócios tem alcançado excelentes resultados com o gado Montana: 80% das fêmeas da propriedade emprenham aos 14 meses. Com isso, o projeto iniciado em 2011 tem alcançado sucesso e ganhos com a venda de 80 touros Montana por ano.

“Entramos no Programa Montana por acreditar que o cruzamento industrial é uma excelente opção para produzir animais rústicos, produtivos e adaptados ao ambiente tropical. O CEIP (Certificado Especial de Identificação e Produção, emitido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA – para os melhores 26% animais da safra) que nossos reprodutores conquistam nos dá a tranquilidade de comercializar apenas animais melhoradores”, afirma José Pavan Neto, diretor de pecuária da JP Agronegócios.

O gado Montana resulta de cruzamentos entre raças taurinas e zebuínas. Com isso, proporciona alto índice de heterose. “Essa combinação de sangue possibilita alta produtividade e excelente adaptação ao nosso clima tropical”.

José Pavan Neto destaca que “a genética Montana tem a capacidade de reunir o melhor de cada raça para compor o biotipo adequado a qualquer sistema de produção. Além disso, a avaliação genética feita por geneticistas da Universidade de São Paulo – campus de Pirassununga nos permite selecionar os melhores animais de cada safra, facilitando o descarte e promovendo o melhoramento do rebanho como um todo”.

A JP Agronegócios seleciona animais de frame médio, com baixa exigência nutricional, capazes de alta produção no Cerrado. “Em nove anos de investimento, obtivemos incremento de 20 kg de peso médio na desmama e de 1,5 arroba de peso ao sobreano”, destaca Neto, também valorizando a fertilidade e a capacidade produtiva das fêmeas Montana.

Os próximos passos da JP Agronegócios incluem intensificar a seleção por ultrassonografia de carcaça, além de implementar linhagem de animais com pelagem preta, o Montana Black.

A qualidade da genética Montana da JP estará à mostra no dia 27 de agosto, no Megaleilão Montana. Nos dias 14 a 17 de setembro, a oferta da genética da fazenda será no projeto “De olho na fazenda”, do Canal do Boi.

“A raça Montana chegou ao Brasil no início da década de 1990. Desde então, o Programa Montana já forneceu mais de 17,5 mil touros certificados ao mercado. Esses números comprovam o potencial da raça, que proporciona ganhos indiscutíveis a cada safra em termos de qualidade produtiva e reprodutiva”, destaca Gabriela Giacomini, gerente de operações do Programa Montana.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com