Programa já treinou 70 mil agricultores no Brasil

Programa já treinou 70 mil agricultores no Brasil

PARTILHAR
Foto: Gabriel Muniz / Texto Comunicação

O programa Aplique Bem, fruto de parceria público-privada, ensina agricultor a fazer a correta aplicação de defensivos agrícolas

O Programa Aplique Bem, iniciativa do Instituto Agronômico (IAC) em parceria com a UPL, comemora 13 anos já tendo treinado mais de 70 mil produtores e funcionários de empresas agrícolas sobre a correta aplicação de defensivos agrícolas nos diferentes cultivos. O programa já ultrapassou as fronteiras do Brasil e hoje é realizado com êxito na Colômbia, no México, no Vietnã, em Burkina Faso e na Costa do Marfim.

O modelo adotado pelo Aplique Bem para os treinamentos dos agricultores é inédito no Brasil. O programa conta com cinco laboratórios itinerantes – batizados de tech móveis. Quatro deles percorrem todo o território nacional, enquanto um veículo destina-se exclusivamente ao chamado circuito das frutas do interior do Estado de São Paulo. Os treinamentos são gratuitos.

“Em vez de levarmos os agricultores e funcionários para a sala de aula, levamos a sala de aula até eles. Esse modelo de treinamento não só aumenta a participação dos trabalhadores como permite a prática para melhor fixação do aprendizado. Também não fazemos turmas maiores que 20 pessoas para não comprometer a qualidade do conteúdo”, afirma o doutor em agronomia Hamilton Ramos, pesquisador científico do IAC e coordenador do programa.

“Trata-se de uma prestação de serviços para a agricultura. O Aplique Bem leva conhecimento ao campo para melhor uso da tecnologia e uso racional de defensivos agrícolas, contribuindo para a produção de alimentos seguros e de qualidade, otimizando a produção e diminuindo gastos, além de proporcionar mais segurança para quem aplica e menos impactos ao meio ambiente”, afirma Cláudia Barreto, gerente de stewardship da UPL Brasil.

Foto: Gabriel Muniz / Texto Comunicação

Benefícios e pioneirismo – Os benefícios do programa Aplique Bem vão além da aplicação correta dos defensivos agrícolas, explica Claudia. “Os trabalhadores bem treinados utilizam os equipamentos de proteção (EPIs) de forma correta e fazem as aplicações adequadamente, inclusive com as máquinas de aplicação bem reguladas. Assim, toda a cadeia da produção de alimentos é beneficiada: o agricultor tem economia de defensivos agrícolas, a saúde e o bem-estar dos trabalhadores são preservados, o meio ambiente não é afetado e os consumidores recebem alimentos de qualidade”, acrescenta.

Outro pioneirismo do Aplique Bem é a adoção e validação da norma internacional ISO 16.122 para avaliação da qualidade dos pulverizadores em uso no Brasil. O programa foi o primeiro na adoção desta norma, de 2015.

“Temos muito orgulho de realizar um programa que já treinou mais de 70 mil pessoas no campo. Já são 13 anos desde o lançamento e o Aplique Bem continua cumprindo um papel muito importante e, além de tudo, mais atual do que nunca. Trabalhamos continuamente para que essa iniciativa cresça e se multiplique com a parceria de nossos clientes, inclusive de forma global”, afirma Fábio Torretta, presidente da UPL no Brasil.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.