Tecnologia de secagem de grãos até 5x mais rápida é desenvolvida

PARTILHAR
Tecnologia de secagem de grãos torna operação até 5 vezes mais rápida que os secadores convencionais
Foto: Divulgação

Tecnologia de secagem de grãos torna operação até 5 vezes mais rápida que os secadores convencionais; secadores contam com sistema de despoeiramento que elimina emissão de partículas na atmosfera

Todos os anos toneladas de grãos são perdidos ou descartados devido aos processos inadequados na pós-colheita. Entre eles, está a secagem, que quando e realizada no tempo certo pode assegurar a qualidade dos grãos, redução das perdas no campo, a manutenção do volume e a consequente rentabilidade. De acordo com os especialistas, 80% dos custos operacionais estão ligados a problemas na performance dos secadores de grãos.

Para solucionar este gargalo, a Dryeration, empresa brasileira pioneira no desenvolvimento de tecnologias para secagem de grãos, desenvolveu um portifólio de produtos que estão revolucionando o processo de secagem no Brasil e no exterior. Um dos principais destaque é o lançamento da Série Farm DRY, uma proposta inédita, ainda mais econômica e compacta que se adapta melhor nas médias e pequenas propriedades. Conforme Otalício Pacheco da Cunha, especialista em sistema de secagem de grãos e fundador da Dryeration, o Farm DRY veio para tornar o portifólio de produtos mais completo.

“Já contávamos com modelos de secadores para atender cooperativas e grande cerealistas, agora com o Farm DRY podemos outro perfil de produtor e oferecer acesso a um sistema de processamento de grãos moderno e eficiente”, afirma Otalicio. Segundo o especialista, o Farm Dry coloca robustez nos processos produtivos, o que permite reduzir significativamente o tempo de montagem externa, oferecendo agilidade, alta performance e redução de custos.

“Nossa tecnologia torna a velocidade de secagem 5 vezes mais rápida que os secadores convencionais, além de oferecer uma eficiência térmica e energética, reduzindo em até 10 pontos percentuais de umidade por hora; eliminando a fumaça no produto e mantendo a qualidade do grão sem odores. Isso assegura plena palatabilidade e resultados de ganhos de peso na alimentação animal”, explica Otalício.

Eliminação de partículas

Outro motivo de grande preocupação durante a secagem de grãos é a emissão atmosférica de materiais particulados (poeira), que exige um controle rigoroso das empresas que secam/armazenam grãos, como arroz, soja e milho. Para solucionar esse problema que afeta duramente o meio ambiente e são alvo de fiscalização dos órgãos ambientais, a Dryeration desenvolveu um Sistema de Despoeiramento para eliminar a presença desses materiais particulados. O Dry-SP também oferece a possibilidade de ser instalado em secadores de outras marcas otimizando sua performance, tornando-os livres da emissão de partículas.

RUIDO: abafador de ruído

Assim como a emissão de partículas, o ruído consiste em um importante risco ambiental presente na rotina dos trabalhadores em uma Unidade de Beneficiamento e Armazenagem de Grãos (UBAG). As normas brasileiras estabelecem como obrigatório, para todas as empresas, o monitoramento do ruído ocupacional e da condição auditiva dos trabalhadores. Conforme Otalício, que dedicou vários anos estudando sistemas de secagem, o ruído de um secador convencional pode chegar a 110 decibéis, numa distância de 30 metros, sendo considerado poluição sonora.

“Recebemos constantemente relatos de empresas que enfrentam esse problema. Por isso, desenvolvemos esse sistema que já foi instalado em várias unidades espalhadas pelo Brasil, principalmente naquelas localizadas próximas a centros urbanos solucionando completamente o problema”, destaca.

Homogenizador (elimina a autoclassificação dos grãos)

O Homogeneizador da massa de grãos, é um equipamento desenvolvido pela Dryeration, que elimina a autoclassificação dos grãos durante o carregamento dos silos ou armazéns graneleiros, proporcionando o fracionamento do fluxo, misturando e distribuindo as impurezas ainda remanescentes (em média 2%), após a operação de limpeza no beneficiamento, em toda a massa de grãos.

Como funciona:

O homogeneizador recebe o fluxo de grãos dos elevadores ou correias transportadoras, fraciona por gravidade em diversas partes iguais e homogêneas, sem o consumo de energia elétrica. Para o perfeito desempenho, o homogeneizador deve permanecer com sua superfície limpa e livre de objetos estranhos.

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). 🚜🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.