Vídeo: Posso confiar no pluviômetro para medir a chuva?

Vídeo: Posso confiar no pluviômetro para medir a chuva?

PARTILHAR
pluviometro de chuva produtor rural
Foto: Divulgação

O pluviômetro é uma ferramenta essencial para agricultores e pecuaristas, porque possibilita a mensuração precisa das chuvas num determinado período

O pluviômetro é um aparelho de meteorologia usado para recolher e medir, em milímetros lineares, a quantidade de chuva precipitada durante um determinado tempo e local. É muito usado nas propriedades rurais por todo o Brasil, o produtor têm usado as redes sociais para informar frequentemente a quantidade de mm choveu na sua região, principalmente este ano que ela tá demorando pra cair.

O pluviômetro é uma ferramenta essencial para agricultores e pecuaristas, porque possibilita a mensuração precisa das chuvas num determinado período. Estas informações são decisivas na hora de tomar decisões, por exemplo: Qual a melhor época para o estabelecimento da pastagem e se é hora de adubar, ou aplicar herbicida.

Abaixo iremos exibir um vídeo (autor desconhecido) amplamente divulgado nas redes sociais onde é possível ver um técnico “provando” como os pluviômetros vendidos nas casas agropecuárias estão aferindo incorretamente a chuva, confira:

Vamos esclarecer o fato

Segundo o pesquisar da Embrapa Agropecuária Oeste, Danilton Luiz Flumignan, o tamanho da boca é o que diferencia na prática, a captação de uma chuva. Diferente da simulação feita no vídeo (laboratório) que não ocorre na prática, o pluviômetro é calibrado pela área de coleta da chuva, que é a boca do mesmo, logo não tem nada a ver com mililitro.

Água no meio rural falamos em termos de lâmina de água, lâmina de X milímetros (mm), por exemplo. A lâmina representa um determinado volume de água em uma determinada área. Por exemplo, 10 L em 1 m2 é o equivalente a 10 mm (1cm) de lâmina de água.

Chamamos de lâmina de água porque se colocássemos os 10 litros dentro de uma caixa com 1m² a água depositada no fundo da caixa ficaria com a altura de 10 mm, ou seja, 1 cm. Por isso que chamamos de lâmina, por que visualmente seria formada uma lâmina.

Vejam que mm é diferente de mL (mililitros), mm é uma unidade de lâmina de água e mL é de volume.

No caso do video ele mediu corretamente os 100 mL usando a proveta. Ou seja, mediu o volume de 100 mL, não a lâmina de água. Mas, ao colocar nos pluviômetros, que são diferentes entre si, e também são diferentes da proveta que ele usou para medir o volume de 100 mL, é óbvio que os pluviômetro registrariam leituras de lamina de água diferentes.

Isso se deve ao fato de que as áreas da boca de cada pluviômetro era diferente da proveta. Resumindo os dois pluviômetro tinham área maior do que a área da boca da proveta, por isso a grande disparidade.

Mas sim, eles mediram certo!

Portanto, quando falamos de chuva e irrigação e evapotranspiração falamos sempre em termos de lâmina. Ou seja, sempre falamos em mm:

  • Cada 1L por m² é igual a 1 mm.

“Meçam a chuva em suas fazendas sim, podemos atestar que os pluviômetros funcionam sim, cada pluviômetro já vem com sua própria escala de medição gravada nele, em mm já. Nós na pesquisa usamos equipamentos automáticos que tem a boca de captação similar a de um balde, por exemplo, eles são super confiáveis.” – Danilton Luiz Flumignan.

Estes usados normalmente em fazendas são mais simples, mas funcionam bem e servem pra indicar um valor muito próximo do real, o suficiente para o produtor.

pluviômetro é uma ferramenta essencial para agricultores e pecuaristas
Foto: Divulgação

Recomendações para a instalação do pluviômetro

1° passo: escolha um lugar aberto, longe de estruturas altas e obstáculos que possam interferir na medição, cobrindo a entrada da água, por exemplo: árvores, barracões, casa etc.

2° passo: utilize dois parafusos para fixar o pluviômetro em uma estaca ou um mourão a pelo menos 1,5 metro de altura, de uma forma prática para retirar e colocar novamente durante as leituras. É muito importante que o nível do pluviômetro esteja a pelo menos 10 cm em relação à estaca ou ao mourão em que foi fixado, para que os respingos da chuva ao bater na estrutura não interfiram no resultado.

3° passo: crie uma rotina na propriedade, anote diariamente os dados de precipitação (mm) sempre no mesmo horário, preferencialmente nos primeiros horários da manhã.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.