Circuito de Qualidade destaca Nelore precoce

Circuito de Qualidade destaca Nelore precoce

PARTILHAR
Circuito de qualidade destaca Nelore precoce
Foto: Divulgação

Circuito Nelore de Qualidade reúne animais precoces em Vilhena, Rondônia; O evento foi realizado na unidade local da Friboi

A etapa do Circuito Nelore de Qualidade em Vilhena (RO), realizada na unidade da Friboi no município, nos dias 07 e 08 de outubro, avaliou 1.275 machos não castrados confinados, segundo a Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) e a Associação dos Criadores de Nelore de Rondônia (ACNR). O Circuito tem apoio da Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal.

“Dos 1.275 animais avaliados, 69,1% tinham até dois dentes incisivos permanentes (cerca de dois anos de idade), 95,5% pesaram mais de 18 arrobas (média de 20,7 arrobas), com 40% apresentando cobertura de gordura mediana”, informa Gustavo Callejon, assessor técnico da ACNB, responsável pela avaliação.

O melhor lote de Carcaças de Machos foi de Isabel de Almeida Prado, da Fazenda Olhos D’Água (Vilhena/RO), conquistando a medalha de ouro. A prata ficou com Vitória de Almeida Prado, da Fazenda Montana (Vilhena/RO), e o bronze foi para Aguinaldo de Almeida Prado, da Fazenda Montana (Vilhena/RO).

“Sou criador de Nelore e há mais de 20 anos faço melhoramento genético Nelore Qualitas. Para o Circuito Nelore de Qualidade separei os animais em três lotes entre minhas filhas para saber a diferença dos pesos. Pensei que o mais pesado seria o vencedor, mas nem sempre o gado mais pesado é o melhor acabado. Acredito que fatores como precocidade, genética e recria bem feita foram os diferenciais. É muito importante os pecuaristas participarem do Circuito, especialmente com gado com bom acabamento de gordura e pesando acima de 22 arrobas”, diz Aguinaldo de Almeida Prado, que conquistou a medalha de bronze. A filha Isabel ficou com a medalha de ouro e a outra filha, Vitória, foi prata.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com