Grãos exportados passam por rigorosa inspeção portuária

PARTILHAR
Inspeção portuária é fundamental no transporte internacional de grãos
Foto: Divulgação

Inspeção portuária garante a qualidade para o cliente final com certificações que seguem todos os protocolos exigidos pela legislação do setor

Segundo recente levantamento da safra de 2020/2021 divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção de grãos no País deverá ficar em 254mi de toneladas. Já os números de exportação de milho, soja e farelo de soja devem alcançar cerca de 124,97mi de toneladas. Diante dessa demanda que passará pelos portos brasileiros é fundamental que compradores e embarcadores tenham atenção com a qualidade dos produtos. Para isso os serviços do Genesis Group se mostram tão importantes, pois a empresa garante a certificação dos produtos no momento do embarque.

De acordo com Fernando Souza, Eng. Agrônomo e gerente comercial no Genesis Group, o papel do inspetor é ser os ‘olhos do cliente’ no local de embarque evitando qualquer discordância em relação ao que foi firmado em contrato entre traders e compradores. “Nosso trabalho é garantir a segurança e a qualidade para o cliente final, com certificações que seguem todos os protocolos exigidos pela legislação do setor”, aponta.

Inspeção portuária é fundamental no transporte internacional de grãos
Foto: Divulgação

Inspeção criteriosa do navio

O trabalho de inspeção inicia-se bem antes da chegada do navio, uma vez que a empresa deve estar em dia com todos os credenciamentos exigidos pelos órgãos fiscalizadores. Ao receber a nomeação o navio passa a ser monitorado e seu status é diariamente comunicado. Na atracação é realizada uma vistoria oficial onde são checadas as condições de limpeza e manutenção dos porões e, durante o carregamento, são retiradas amostras para a classificação do produto.

Ao final da operação uma amostra é submetida à análise laboratorial e, posteriormente são emitidos os certificados de peso e qualidade. “Temos que estar atentos a todos os fatores que possam contaminar a carga, como por exemplo, se o navio anteriormente transportou fertilizantes ou outros produtos que possam trazer danos a carga”, reforça Souza.

Inspeção portuária é fundamental no transporte internacional de grãos
Foto: Divulgação

Confiança

Todas as commodities destinadas a exportação precisam ser certificadas e esta tem sido uma das missões que o Genesis Group se dedica desde 2004. Um dos diferenciais do grupo, que no último ano foi responsável pelo embarque de mais de 5mi de toneladas de soja, milho e farelo de soja, é o seu investimento em tecnologia.

“Todos os agentes do processo (equipe Genesis e clientes) recebem as informações na palma da mão durante o período de embarque, possibilitando uma comunicação clara e rapidez nas entregas”, fala segundo o gerente do Genesis Group, e isso só é possível graças ao sistema que a empresa desenvolveu.

Atualmente a equipe do Genesis está preparada para atuar nos principais portos brasileiros, além de também atuar com controladoria, análises de produtos sólidos e líquidos na modalidade de transporte via containers. Nesta modalidade atuamos desde a inspeção dos containers vazios até o momento da estufagem.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com