Mega caçada de javali, confira o vídeo!

Mega caçada de javali, confira o vídeo!

PARTILHAR

O Texas, um dos estados americanos mais armados do país, onde a caça é liberada o ano inteiro mostra como deve ser feito o controle desses animais!

Uma das piores pragas no Brasil, os javalis e seus cruzamentos, estão assolando e aumentando os prejuízos na agricultura e pecuária, fora a questão sanitária por conta das doenças. Entretanto, o problema não é só no Brasil, os EUA também sofrem. O Texas, estado com maior porte de armas e caçada liberada durante todo o ano, vem sendo assolado pelos ataques e mostra, abaixo, como deve ser feito a caçada dessa praga!

Apesar de anos de intensa caça e armadilhas, o Texas está perdendo a guerra contra os porcos selvagens. Informações importantes e impactantes em artigo fala sobre o crescimento populacional desta espécie tão nociva a nossa fauna, flora, saúde pública e agropecuária. Estima-se que é necessário abater 7 em cada 10 javalis de uma área, somente para manter a população existente sem crescimento.

As leis no estado permite a caça do animal o ano todo, estima-se que são caçados quase 750 mil animais por ano. Infelizmente, isso não é suficiente. Mesmo que ambientalistas e caçadores estejam matando aproximadamente 30% da população no Texas anualmente, o número de javalis ainda está crescendo cerca de 20% ao ano. Biólogos e gestores da fauna silvestre estimam que 70% deveriam ser mortos a cada ano apenas para manter a população.

É um animal enorme, agressivo, muito inteligente e se reproduz exponencialmente. Essas características fazem com que os métodos normais de controle populacional simplesmente não tenham qualquer resultado prático, fazendo da caça a única alternativa viável. Motivos para caçar javali certamente não faltam e logo abaixo você poderá conhecer os principais.

Nos EUA, em estados como o Texas, a caça de javali é extremamente popular e mesmo com toda a tecnologia empregada (helicópteros, visão noturna e armas modernas), estima-se que a população de javali cresça de 15 a 20% ao ano, causando danos inimagináveis a natureza e a agricultura.

Os caçadores, lá no Texas, utilizam fuzis semiautomaticos, supressores de ruído e mira com visão noturna, tudo adquirido por preços acessíveis, bem como a munição, os veículos e até o combustível. Confira abaixo o resultado de uma noite de caça:

Segundo apuramos, essa caça não faz nem “cócegas” no tamanho da infestação que ocorre no estado. Infelizmente, no Brasil a situação é igual, no que diz respeito a infestação, entretanto é completamente diferente quanto a “facilidade” na liberação da caça.

Como disse um caçador, “imagine se o americano tivesse que fazer registro no Ibama e pedir GT no exército para controlar uma praga?”. Pois é companheiro, produtor rural e caçador, infelizmente a burocracia no Brasil é alto que atrasa quem deseja trabalhar e favorece o bandido que deseja roubar, matar e usurpar aquilo que temos.

Voltando ao Texas, o estado está liberando até a caça turística, como forma de manter o controle sobre a população de javalis e ganhar dinheiro com essa praga, tentando minimizar os prejuízos causados no campo.

Confira o vídeo (em inglês) da nova modalidade de turismo:

“A caça de helicóptero é a maneira mais rápida de matar um bando de porcos”, disse Dustin Johnson, proprietário e piloto da Cedar Ridge Aviation. Agora, as empresas vendem assentos para turistas que buscam emoção por até US $ 5.000 por pessoa.

No geral, a caça de helicópteros matou 43.000 javalis no estado no ano passado, de acordo com o Departamento de Parques e Vida Selvagem do Texas. Isso é apenas cerca de 1-2% da população de javalis do Texas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com