Prova Top Brangus avalia eficiência alimentar de animais no Sul

Prova Top Brangus avalia eficiência alimentar de animais no Sul

PARTILHAR
Touro Brangus GR D17
Foto: Divulgação

Resultado da primeira prova de eficiência alimentar do convênio firmado entre a Associação Brasileira de Brangus e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul

A Associação Brasileira de Brangus e a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) concluíram a primeira prova de eficiência alimentar do acordo de cooperação técnica firmado em junho do ano passado. A parceria tem como objetivo estabelecer condições de atividades de pesquisa na área de tecnologia de imagens e desenvolvimento na área de avaliação animal. As atividades foram baseadas no projeto “Consumo alimentar residual e recria em pastagem como estratégia de seleção e efeitos nas características de comportamento alimentar e de carcaça, obtidas por ultrassom, em machos da raça Brangus”.

As etapas do projeto

Inicialmente os terneiros desmamados de diversas propriedades foram submetidos a um teste de eficiência alimentar com duração de 91 dias. Depois do teste, os animais foram recriados em pastagem (natural + cultivada), e nas épocas de vazio forrageiro (novembro e dezembro; março e abril) receberam suplementação para mantença de condição corporal.

Após a conclusão destas duas etapas os animais foram ranqueados conforme o índice de seleção denominado “Top Brangus UFRGS”, nas seguintes características:

  • Eficiência Alimentar Residual;
  • Área de olho de lombo;
  • Espessura de gordura subcutânea;
  • Percentagem de gordura intramuscular;
  • Perímetro escrotal.

Atualmente os reprodutores estão sendo preparados na Estação Experimental Agronômica (EEA) da UFRGS, em Eldorado do Sul (RS), no qual três tourinhos ficarão para o rebanho da universidade, como contrapartida do convênio, e os demais, incluindo os 5 tourinhos Top, serão vendidos na primavera de 2020.

A prova contou com a participação de dezesseis criatórios do Rio Grande do Sul:

  • Ave Maria;
  • Brangus GR;
  • Brangus Juquiry;
  • Brangus Paipasso;
  • Brangus UFRGS;
  • BT Junco;
  • Cond. Rural Weiler;
  • Estância Chalé;
  • Estância Madrinha;
  • Estância São Rafael;
  • GAP Genética;
  • Rincon del Sarandy;
  • São Bibiano;
  • São Xavier;
  • SIgMa Brangus e
  • Tradição Azul.
Brinco Índice Final
São Rafael 8683 12,1194
GR D17 11,1883
Madrinha N040 11,1491
Junco 1218 11,0096
Ave Maria 18050 10,8261
F92 10,5228
TE6930 10,3401
W483 9,9897
V024 9,944
578 9,9057
522 9,8838
030C 9,2781
8053 8,9073
5251 8,8302
V355 8,7483
Touro Brangus MR 8683
Touro Brangus MR 8683 / Foto: Divulgação
IF = (CGPR*0,5)+((AOL final/100*45)*0,2)+(IG*0,15)+(GIM final*0,1)+(PE final*0,05)
IF = índice final
CGPR = consumo e ganho de peso residual
AOL = área de olho de lombo
IG = índice de gordura
GIM = gordura intramuscular
PE = perímetro escrotal

Estas iniciativas de acordo pública-privada visam contribuir para os avanços técnico-científico de toda cadeia produtiva de gado de corte, ampliando os conhecimentos e capacitando recursos humanos para o desenvolvimento em áreas especificas.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com