Touros Brangus fazem média de R$ 11,9 mil em leilão

Touros Brangus fazem média de R$ 11,9 mil em leilão

PARTILHAR
touro brangus GAP Canhão
Foto: Gap Genética

Ofertas do tradicional criatório gaúcho incluíram reprodutores da raça Brangus selecionados na região do Vale do Rio São Lourenço, no MT

A GAP Genética (Uruguaiana, RS), criatório fundado em 1993 e capitaneado por Eduardo Macedo Linhares, apresentou ao mercado na tarde de 20 de junho exemplares PO selecionados de machos e fêmeas da raça Brangus durante o “Leilão Virtual Produção GAP”.

Foi pelas mãos de João Vieira de Macedo, avô de Eduardo, que se iniciou em 1907 o primeiro plantel através da Cabanha Azul. De lá pra cá, são mais de 110 anos de história na pecuária, tornando-se uma referência nacional na criação de gado de corte. Hoje, a GAP é responsável pela venda anual de cerca de 750 reprodutores das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford.

As ofertas oriundas da Fazenda Sereno, em Jaciara, no Mato Grosso, propriedade do grupo que atua há 25 anos com melhoramento genético na região do Vale do Rio São Lourenço, incluíram reprodutores de pelagens preta e vermelha, vacas prenhes e novilhas entre 12 e 24 meses, além de lotes de terneiros comerciais de cruzamento industrial.

A movimentação financeira total chegou aos R$ 5,7 milhões graças à comercialização de 967 lotes para investidores dos estados do Piauí, Maranhão, Pará, Tocantins, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso do Sul e para a Bolívia.

“Foi um leilão histórico, pois colocamos à venda a maior quantidade de animais ao longo de toda a trajetória da GAP. O resultado foi fruto do bom trabalho de seleção e adaptação do Brangus no Brasil Central. Estamos vendo uma expansão de novos criatórios na região Norte do Mato Grosso. Muitos compradores arremataram nossa genética para produzir touros”, comenta João Paulo Schneider da Silva, o Kaju, diretor comercial da GAP.

Foram negociados 196 touros da safra 2018 e avaliados pelo Programa Natura ao preço médio de R$ 11.985 – valor equivalente a 66,2@ de boi gordo para pagamento à vista em Cuiabá (R$ 181/@), segundo informações da Scot Consultoria. Também foram comercializados 522 ventres à média de R$ 5.578. Já no gado geral, 249 bezerros, pesando entre 198 kg e 258 kg, saíram cotados por R$ 2.089, em média.

O leiloeiro rural Adriano Barbosa esteve à frente do martelo durante as captações dos lances em estúdio, fixados para pagamentos em três (corte) e 24 parcelas (PO). A organização do evento foi da Estância Bahia Leilões, com transmissão pelo canal Terraviva e retransmissão pelo aplicativo EBL Web.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.