Sem chuvas 🌧️ plantio da soja atrasa em todo o Brasil

Sem chuvas 🌧️ plantio da soja atrasa em todo o Brasil

PARTILHAR
plantio de soja
Foto: Reginaldo F Talarico

O plantio de soja 2020/21 em Mato Grosso, maior Estado produtor da cultura no Brasil, atingiu 0,75% da área estimada, informou o Imea

O plantio da safra 2020/21 de soja começou lento no Brasil, devido ao tempo muito quente e seco que ainda predomina na maior parte do país. E as previsões seguem mostrando pouca chuva na primeira quinzena de outubro. Mas ainda estamos no fim de setembro, mês em que, tradicionalmente, apenas uma pequena área é semeada nos principais estados produtores. De todo modo, o atraso já existe.

O plantio de soja 2020/21 em Mato Grosso, maior Estado produtor da cultura no Brasil, atingiu 0,75% da área estimada, informou o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), ao apontar que já há atraso em relação a anos anteriores em função da falta de chuvas.

No ano passado, 1,69% das áreas haviam sido semeadas até o dia 27 de setembro. Comparado aos últimos cinco anos, o atraso é ainda maior, considerada a média de 2,68% para o período.

“A seca está bastante pesada e já era meio claro que íamos ver um atraso dessa semeadura… Em 2019, alguns produtores que tinham começado a plantar logo depois do dia 16 (de setembro), quando é permitido, não estão conseguindo fazer isso agora”, disse à Reuters o superintendente do Imea, Daniel Latorraca.

Plantio de soja no Paraná atinge 3% da área

O plantio de soja no Paraná havia atingido 3% da área projetada até a segunda-feira, percentual que marca um início atrasado dos trabalhos da safra 2020/21 no segundo produtor brasileiro da oleaginosa devido a chuvas escassas, informou o Departamento de Economia Rural (Deral) nesta terça-feira. Na temporada passada, o Paraná tinha semeado 10% da área até 30 de setembro.

A tendência é de que os trabalhos sigam em ritmo mais lento ao longo da próxima semana, já que o volume de chuva esperado é relativamente pequeno, segundo a avaliação do Deral com base em dados da meteorologia.

“O pessoal já iniciou devagar o plantio. Na parte mais ao sul, tivemos chuvas no fim de semana. Na região de Campo Mourão, a chuva foi pouca, mas alguns produtores plantaram mesmo assim”, disse o economista do Deral, Marcelo Garrido.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.