TOP 5 benefícios que as inovações beneficiam o setor sucroenergético

TOP 5 benefícios que as inovações beneficiam o setor sucroenergético

PARTILHAR
Inovações tecnológicas
Foto: Divulgação

Inovações tecnológicas trazem benefícios ao setor sucroenergético de ponta a ponta; artigo por Bernardo de Castro, presidente da divisão de Agricultura da Hexagon

Manter-se atualizado sobre as tendências e os avanços do setor é um meio de permanecer ativo na competitividade do mercado – sem esquecer, ainda, as metas de aumentar a eficiência das operações, da produção, dos lucros e reduzir custos. Uma forma de alcançar todos esses objetivos, de forma integrada, é investir na otimização dos processos, por meio de soluções tecnológicas.

Envolvida nos processos de planejamento de 46% da produção global de cana-de-açúcar, a divisão de Agricultura da Hexagon trabalha no desenvolvimento de produtos que conectam o campo, os equipamentos e as pessoas, com soluções da plataforma HxGN AgrOn, como o Planejamento & Otimização, Monitoramento, Automação de Máquinas e Análise & Gestão . O principal diferencial é a integração de todos os processos – planejamento, cultivo, colheita e logística -, resultando em mais eficiência na utilização dos recursos e insumos, evitando o desperdício e melhorando a lucratividade.

É possível incluir diversos recursos de monitoramento, telemetria, rastreio de matéria-prima e alocação dinâmica de transbordo em um único display embarcado no maquinário. Com isso, tem-se acesso a informações inteligentes e monitoramento constantes de operações, de ponta a ponta de forma mais prática para o operador, trazendo mais agilidade ao campo e maior controle para o gestor, mesmo de forma remota. Esse conjunto de fatores relacionados à Agricultura de Precisão traz resultados favoráveis aos produtores, de maneira mais inteligente e econômica.

Ao utilizar soluções tecnológicas, os principais benefícios são:

  • Aumento de eficiência – Usar recursos tecnológicos como o HxGN AgrOn Planejamento de Plantio aumenta a eficiência e assertividade da safra. Isso porque, de acordo com a leitura de informações do solo, o próprio sistema faz indicações de variedades, locais e épocas para plantio e expansão da área de cultivo e recomenda as estratégias ideais cada ciclo.
  • Operações mais precisas – Durante os processos de preparo de solo, plantio e tratos culturais como fertilização e pulverização, a integração de recursos como o AgrOn Piloto Automático e AgrOn Sala de Controle ajuda a controlar e monitorar as máquinas e os insumos. Com a rota projetada do trator, essa função evita que o maquinário passe mais de uma vez em uma mesma área, evitando sobreposições e auxiliando na minimização de compactação de solo.
  • Redução de custos – O uso de tecnologia ajuda, desde os primeiros processos, a reduzir custos com insumos e até mesmo combustível. Ferramentas como o AgrOn Alocação Dinâmica de Transbordo, que coordena e sincroniza a movimentação de tratores transbordos e colhedoras através de um sistema de chamados e atendimentos, podem ser úteis. O sistema leva em consideração, basicamente, três critérios configuráveis para selecionar qual será o transbordo direcionado para uma colhedora: a distância entre os equipamentos (o mais próximo terá prioridade no chamado); necessidade de manobra (transbordos já alinhados com a colhedora são priorizados); e o tempo de fila (alocando primeiro equipamentos que estão aguardando chamado a mais tempo).
  • Mais em menos tempo – Outra vantagem proveniente das inovações tecnológicas é o melhor aproveitamento do tempo. Ainda no caso do AgrOn Alocação Dinâmica de Transbordo, o tempo de operação de uma máquina colhedora pode ter um aumento de até 50% no dia. O que, em termos de média no mercado nacional, equivaleria a uma colhedora conseguir passar de uma capacidade de corte de 720 para 1080 toneladas diárias, atingindo o patamar de 45 ton/hora corrida.
  • Menos intervenção humana – Através de hardwares e softwares instalados em colhedoras, transbordos e carretas dos caminhões, o AgrOn Rastreabilidade de Matéria-Prima faz a coleta de dados de cada etapa do processo, registrando a trajetória da matéria-prima até seu destino final. Além de aumentar a precisão dos dados de produção, através da leitura dessas informações, é possível saber qual a produtividade da área. Dessa forma, o gestor pode fazer a análise dos seus processos de cultivo e planejar, com mais eficácia, o replantio do canavial. O rastreamento garante, também, a redução da intervenção humana, a melhoria na qualidade das operações e maior agilidade na logística de transporte.

Esses são fatores importantes para fazer a gestão eficiente do negócio e aumentar os índices de produtividade. Além disso, é uma estratégia de mercado que abrange grandes e pequenos produtores e fabricantes, dando a possibilidade de competitividade de mercado a qualquer porte.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.